Dança, gênero e sexualidade: um olhar cultural

Páginas: 16 (3791 palavras) Publicado: 12 de janeiro de 2013
Dança, gênero e sexualidade: um olhar cultural



Fonte: Giuliano Souza Andreoli - Revista Conjectura, Caxias do Sul, v. 15, n. 1, p. 107-118, jan./abr. 2010

Resumo: Este artigo apresenta o conceito de gênero em educação, mostrando sua incorporação como uma categoria útil de análise no campo da dança, no qual as discussões sobre gênero aparecem muito raramente, especialmente quando seanalisa a produção brasileira. Utilizando estudiosos(as) do campo dos estudos pósestruturalistas de gênero, reflito sobre a necessidade de incorporação de tal conceito às investigações sobre as questões sociais que envolvem a dança. Palavras-chave: Dança. Gênero. Sexualidade.

Introdução: dança, corpo e cultura

A dança é uma manifestação cultural, social e artística que ocupa um lugarfundamental na vida das comunidades humanas. Do ponto de vista antropológico, é um “comportamento humano propositado”, partilhado entre o dançarino e a sociedade a que esse pertence. (HANNA,1999). Do ponto de vista etnocenológico (PRADIER, 1998, p. 24), é um comportamento extracotidiano que inclui uma intenção de espetacularidade e que engloba não apenas o atuante, mas também aquele que o vê, a partir deuma articulação social. Considerando-se a perspectiva pós-estruturalista, a linguagem pode ser compreendida como sistemas de representação1 que, postos em efetividade por meio de construções discursivas, comunicam conjuntos de ideias em posição de constituir sentidos ao mundo. (SILVA, 2003). A dança, como qualquer outra prática social, pode ser vista como constituída na e pela linguagem, isto é,pelos discursos e pelas representações que fundam e dão sentido à vida social. Por utilizar o corpo como parte principal da sua mensagem estética, a dança está muito fortemente implicada nos processos de linguagem que operam na construção cultural do corpo. Como observa Albright (1997), existe todo um senso de vida estabelecido em torno de distinções corporais, relacionadas ao gênero, à classe, àetnia, à geração, à sexualidade, etc. Os movimentos, os gestos e as posturas corporais são culturalmente diferenciados de acordo com cada uma dessas identidades sociais. O corpo é, portanto, nessa perspectiva, o local de inscrição dos discursos e representações culturais, que posicionam os sujeitos em lugares sociais específicos, por meio da construção de diferentes “marcas” corporais. (LOURO, 2004).A partir da perspectiva dos Estudos Culturais (CANCLINI, 2005), é possível também compreender a dança como uma produção (e um processo) cultural onde se encontram atravessadas lutas políticas em torno dos muitos significados que os diferentes discursos e representações culturais procuram inscrever nos nossos corpos. Nesse sentido, é possível compreender que a dança não está isenta de operar, aolado de muitas outras práticas de ritualização dos usos cotidianos do corpo, como uma pedagogia cultural de gênero, por meio da qual desigualdades sociais de gênero são reproduzidas, através da configuração de diferentes maneiras de usar o corpo por homens e mulheres.

Para Fischer (2003, p. 89), a representação cultural é uma das instâncias de produção discursiva de significados culturaisatravés da linguagem. Implica modos de representar, de usar signos, referentes a objetos, pessoas, sentimentos, fantasias, sonhos, desejos, etc. que estão relacionados à construção de valores, à cristalização de conceitos e preconceitos, à formação do senso comum e à constituição de identidades sociais.

Nas últimas décadas, o interesse pela discussão sobre gênero revelou-se crescente no Brasil, noâmbito da pedagogia. Na dança, uma área de estudos historicamente bastante recente dentro do campo maior das artes, tal discussão ainda é bastante incipiente. O objetivo deste artigo é, portanto, pensar sobre como se constituem pedagogicamente as “masculinidades” e as “feminilidades”, de forma a criar tipos de corpos específicos e diferenciados para homens e mulheres, dentro dessa prática social...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Formação de professores em gênero e sexualidade: olhares diversos
  • Gênero e Sexualidade
  • Genero e sexualidade
  • Gênero e sexualidade
  • Gênero e sexualidade
  • genero e sexualidade
  • genero e sexualidade
  • SEXUALIDADE E GÊNERO

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!