Da sociedade em massa a sociedade civil

Páginas: 31 (7657 palavras) Publicado: 20 de junho de 2013
Da sociedade de massa à sociedade civil:
A concepção da subjetividade em Gramsci*
Giovanni Semeraro**

RESUMO: Um dos maiores desafios políticos e pedagógicos que
batem à porta do século XXI, particularmente para o Brasil, é superar a condição de massa e fortalecer uma sociedade civil criativa que nasce das aspirações populares e busca autodeterminação, cidadania e participação ativa nagestão democrática do poder. A concepção original de sociedade civil delineada por Gramsci
é uma fonte de inspiração fundamental para enfrentar os impasses
atuais e construir uma sociedade livre e democrática.

Palavras-chave: Sociedade civil, sujeito social, democracia, cidadania,
autogoverno

A nova política do protagonismo das massas
Gramsci teve uma existência relativamente curta(1891-1937),
mas viveu intensamente eventos históricos extraordinários que marcaram os rumos do nosso século: a Primeira Guerra Mundial, a Revolução Russa, os levantes operários na Europa, a formação de grandes
partidos políticos, a consolidação de regimes totalitários, a depressão
econômica de 1929, a afirmação dos Estados Unidos como potência
hegemônica mundial.

* Texto apresentado para o CongressoInternacional: “Antonio Gramsci: Da un secolo all’altro”,
organizado pela Internacional Gramsci Society, no Istituto Italiano per gli Studi Filosófici,
Napoli, 16-18 de outubro de 1997.
** Professor de Filosofia da Educação da Universidade Federal Fluminense (UFF).

Educação & Sociedade, ano XX, nº 66, Abril/99

65

Nesse período, aparecem já claras as características dominantes dasdécadas seguintes: a emergência crescente das massas e as dimensões globais e instantâneas que vieram adquirindo as complexas relações humanas.
Hoje, favorecidos por um olhar retrospectivo sobre o século que se fecha,
percebemos melhor que o mesmo fenômeno tem percorrido todos os continentes estreitando-os em um destino comum. Não apenas as guerras “totais”
– as mais catastróficas da história dahumanidade –, mas “filhas” dessas, as
revoluções políticas e culturais fizeram do ‘novecento’ um século “breve” e
convulsivo marcado por tensões “extremas” que mesclaram inauditos mas1
sacres humanos com prodigiosas conquistas científicas e tecnológicas.
Na “aldeia global” em que se transformou o nosso mundo, nada acontece que não envolva amplas camadas da população. As massas tornaramse achave de nosso tempo: quer se procure a sua legitimação
instrumentalizando-as passivamente, quer elas, de baixo, manifestem ativamente as suas reivindicações nas mais diversas expressões. Assim, enquanto, de um lado, se multiplicam e se sofisticam os instrumentos de manipulação, de outro, a criatividade popular renasce obstinadamente, manifestando
cada vez mais a sua vontade de escrever a históriacom as próprias mãos.
Gramsci esteve particularmente atento a essas transformações, envolvido em uma época em que a classe dominante havia perdido o consenso
e “as grandes massas haviam se afastado da ideologia tradicional, não acreditando mais no que antes acreditavam. A crise consiste exatamente no fato
de que o velho morre e o novo não consegue nascer”.2
Gramsci não era o primeiro acolocar-se a questão política da emergência das massas no cenário histórico contemporâneo. Hegel já havia observado que uma das maiores contradições dos tempos modernos derivava do crescimento vertiginoso da riqueza que não produzia a prosperidade,
mas a pobreza e a “plebe”. Em suas reflexões, estava também convencido
de que a “moralidade” individual, a beneficência particular ou a assistência
públicanão iriam superar o mecanismo de multiplicação do surgimento da
“plebe”,3 uma vez que se tratava de uma conseqüência estrutural do moderno
sistema produtivo. A solução, para ele, deveria ser encontrada na constituição de um “Estado ético”, omniabrangente, capaz de ultrapassar os conflitos da sociedade civil e garantir o funcionamento do todo.
Ao fenômeno das massas, Nietzsche – enquanto...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A sociedade de massa
  • a sociedade de massa.
  • Sociedade em Massa
  • Sociedade de massa
  • sociedade e massa
  • Sociedade de Massa
  • Sociedade de massas
  • Sociedade de Massa

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!