da servidao moderna

Páginas: 6 (1497 palavras) Publicado: 17 de maio de 2014
ANÁLISE DE POESIA (JOSÉ GODOY GARCIA)
PARTE 02


MUITO ALÉM DE LIMITAÇÕES ESTÉTICAS
O caminho pelo qual optou José Godoy Garcia fez com que se tornasse um solitário, o que é engraçado: artistas que devotam sua arte a temas sociais, à multidão, costumam ficar só. Ultrapassados pelo desencanto

JOSÉ CARLOS GUIMARÃES - Especialpara o Jornal Opção

Faz tempo, tenho vontade de escrever sobre José Godoy Garcia, em minha opinião um dos grandes nomes da poesia feita em Goiás (é irônico, mas a gente acaba circunscrevendo o artista às fronteiras políticas).

Falar nisso, o que há de mais relevante em matéria lírica, produzido nessa terra, só apareceu em meados do século passado, com a manifestação tardia do Modernismoentre nós. Foi Goiânia, mas quando, no Brasil, já se partia para a terceira geração do movimento, com seus respectivos desdobramentos formais. Aos trancos e barrancos, finalmente chegamos a 22 em 42, ano do batismo cultural da nova capital e do aparecimento da “Revista Oeste”. Antes, o que fazíamos tinha ainda fortes impregnações românticas, praga da poesia e alegria incomensurável dos poetasmenores. Poesia, com a proliferação destes, tornou-se para o cidadão comum sinônimo de coisa melosa, para não dizer melodramática, e, obviamente, sem o sentido de época do Romantismo. Um equívoco, enfim. A causa da permanência desse fenômeno, até hoje, só pode ser uma: desculpa para a incapacidade de compreender a poesia, já que o subjetivismo é uma forma de escapar inclusive das dificuldades da matériapoética. Esse pseudorromantismo serve muito bem, portanto, a um ambiente cultural atrasado. Goiás o é, ainda, infelizmente.

Segundo esclarecimentos de Gilberto Mendonça Teles (A Poesia em Goiás), Léo Lynce não foi o primeiro modernista goiano. Nossa poesia continua dominantemente conservadora – entre parnasiana e simbolista! - até 1948, quando aparece Rio do Sono, livro de estréia de JoséGodoy. Se bem reconheça a influência de Bernardo Elis, possivelmente em função dos poemas de Primeira Chuva – que o levariam a Mário de Andrade e companhia -, Garcia é o primeiro a publicar um livro influenciado pelas características modernistas, em Goiás, antecedendo Élis em sete anos. Sua obra, portanto, tem também um valor historiográfico inestimável, além do poético. Poeticamente, teve a funçãode trazer até nós, de uma vez por todas, as conquistas de 22, como se percebe claramente nesse poema:

Olhem o desmilinguido do reco-reco desrespeitando a mocinha calada no seu canto, de medo ou de vergonha,
mas com o melhor vestido no corpo
mas com a cara de virgem boa
mas com o peito belíssimo da gente pegar, o corpo saído do
banho com precaução, agorica.

Aqui e ali ousou, também, fazercomo o outro Andrade, o Oswald, propugnador da “contribuição milionárias de todos os erros. Como falamos. Como somos”
(cf: Manifesto da poesia pau-brasil”:

Zé Viramundo
queria uma casa.
Cum telhado? qui
casa cum telhado qui nada!
cum paredes, qui
casa cum paredes qui nada!
cum portais e janelas? Qui
portais e janelas qui nada
E ficou uma coisa doida.
Uma casa bonita, uma casa comonunca.
As gentes vinham ver a casa.
As gentes vinham de longe.
E ficou uma casa doida.
Bonita, como nunca.
Uma casa de chão e de Céu!

O poema que dá nome ao livro A Casa do Viramundo tem, decerto, um significado especial. Além das belas aliterações e das palavras “erradas”, o conteúdo revela uma mundividência toda pessoal, que aspira à liberdade em comunhão com a natureza. José GodoyGarcia é um poeta singelo, e por isso inconfundível. Mas, por favor: singelo, aqui, tem uma conotação positiva, perfeitamente condizente com o meio cultural em que surgiu, no que este meio tem de mais genuíno, de autêntico. Não tem nenhuma relação, portanto, com o pitoresco (valorizar a natureza, paisagem local), que é tanto um meio de maquiar quanto uma forma de incompreensão. Creio que não se pode...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Servidão Moderna
  • A servidão Moderna
  • Da servidão moderna
  • Da servidão moderna
  • Da servidão moderna
  • A servidão moderna
  • Servidão Moderna
  • Da servidao moderna

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!