Da república - cícero

Páginas: 15 (3545 palavras) Publicado: 18 de maio de 2012
UNINOVE

UNIVERSIDADE NOVE DE JULHO – SP

Da República

Marco Túlio Cícero



Ciências Políticas I

Componentes

Beatriz Broniassi Leite – RA: 22113343

Douglas Pereira Costa - RA: 22122959

Ediberto Teixeira do Carmo – RA: 2212101290

Osmário Sérgio Silva de Aquino – RA: 2212108652

[pic]



ÍNDICE

Introdução..........................................................Pág.: 3

Biografia do Autor .................................................Pág: 4

Livro Primeiro .......................................................Pág: 6

Livro Segundo.......................................................Pág: 8

Livro Terceiro........................................................Pág: 14

LivroQuarto..........................................................Pág: 16

Livro Quinto..........................................................Pág: 18

Livro Sexto...........................................................Pág: 20

Anexo.................................................................Pág: 22

Referência Bibliográfica.........................................Pág: 23




INTRODUÇÃO

Trabalho apresentado à professora SílviaVasconcelos, da disciplina; Ciências Políticas I, da turma 17 B noturno, do curso de Direito, no dia 19 de Março de 2012, com o tema proposto; Da republica, de Cícero. É considera como a obra fundamental de Cícero (106-46 a.C.). Escrito no ano 51 a.C., Da República está elaborado na forma adotada pelos diálogos platônicos. Reunidas, algumas personalidades entretêm uma conversação livre. Pretendendoguardar plena autenticidade, os assuntos afloram espontaneamente, entremeando-se discussões eruditas sobre diversos assuntos com a invocação de eventos históricos. Preservaram-se seis livros. A exposição da doutrina política está toda contida no Livro Primeiro.

















BIOGRAFIA
Marco Túlio Cícero, em latim Marcus Tullius Cicero (Arpino, 3 de Janeiro de 106 a.C. —Formia, 7 de Dezembro de 43 a.C.), foi um filósofo, orador, escritor, advogado e político romano.Cícero é normalmente visto como sendo uma das mentes mais versáteis da Roma antiga. Foi ele quem apresentou aos Romanos as escolas da filosofia grega e criou um vocabulário filosófico em Latim, distinguindo-se como um linguista, tradutor, e filósofo. Um orador impressionante e um advogado de sucesso, Cíceroprovavelmente pensava que a sua carreira política era a sua maior façanha. Hoje em dia, ele é apreciado principalmente pelo seu humanismo e trabalhos filosóficos e políticos. A sua correspondência, muita da qual é dirigida ao seu amigo Ático, é especialmente influente, introduzindo a arte de cartas refinadas à cultura Europeia. Cornelius Nepos, o biógrafo de Ático do século I a.C., comentou que ascartas de Cícero continham tal riqueza de detalhes "sobre as inclinações de homens importantes, as falhas dos generais, e as revoluções no governo" que os seus leitores tinham pouca necessidade de uma história do período.
Durante a segunda metade caótica do século I A.C., marcada pelas guerras civis e pela ditadura de Júlio César, Cícero patrocinou um retorno ao governo republicano tradicional.Contudo, a sua carreira como estadista foi marcada por inconsistências e uma tendência para mudar a sua posição em resposta a mudanças no clima político. A sua indecisão pode ser atribuída à sua personalidade sensível e impressionável: era propenso a reagir de modo exagerado sempre que havia mudanças políticas e privadas. "Oxalápudesse aguentar a prosperidade com mais autocontrole e a adversidadecom mais firmeza!" escreveu C. Asínio Pólio, um estadista e historiador Romano seu contemporâneo. L
































LIVRO PRIMEIRO

No relato de Cícero, Cipião Emiliano, neto de Cipião o Africano, destruidor de Cartago e chefe do Partido Aristocrático, em suas férias, são visitados por amigos e parentes. Depois de muitos circunlóquios, Cipião é...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • DA REPUBLICA DE CICERO 2
  • O dever pátrio nas obras dos deveres e da república, de cícero
  • cicero
  • CICERO
  • Cícero
  • cicero
  • Cicero
  • Cícero

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!