Da macroeconomia clássica à keynesiana

Páginas: 78 (19495 palavras) Publicado: 2 de julho de 2011
DA MACROECONOMIA CLÁSSICA À KEYNESIANA
Luiz Carlos Bresser-Pereira
Versão corrigida em 1974 de apostila publicada originalmente em 1968. EC-MACRO-L-1968 (E73). São Paulo, abril de 1968. Revisado em maio de 1976.

A Economia Política é a ciência social que estuda o comportamento do homem no processo de produção, circulação e distribuição de bens escassos. Sua preocupação está em saber como seproduz um excedente econômico e como essa produção que excede o consumo de subsistência é apropriado e dividido pelos diversos grupos sociais. Dentro da Economia Política podemos distinguir algumas áreas de estudo principais: a História Econômica, a História do Pensamento Econômico, a Economia Aplicada, a Análise ou Teoria Econômica e a Política Econômica. As duas primeiras áreas, HistóriaEconômica e História do Pensamento Econômico, são definidas pelos próprios nomes. Na primeira estudamos de um ponto de vista histórico o processo econômico dos países e regiões, e na segunda examinamos o desenvolvimento das doutrinas e da análise econômica, através do pensamento dos grandes economistas. Por Economia Aplicada entendemos os estudos de caráter econômico que são realizados de um determinadopaís, de uma determinada região, de um determinado setor industrial, agrícola ou comercial, ou mesmo de uma determinada empresa. Estudos, por exemplo, sobre a Economia Brasileira, ou sobre a produção de algodão no mundo, ou sobre a inflação na América Latina. Chamamos de Economia Aplicada, porque esses estudos são sempre realizados através da aplicação, em maior ou menor grau, da Análise ou TeoriaEconômica. A análise Econômica é a parte central da Economia, que lhe garante o caráter de ciência. Importa no estudo das relações básicas que se estabelecem entre as diversas variáveis econômicas, no sentido de determinar a produção e a distribuição de bens. A teoria econômica ortodoxa1 possui dois ramos centrais: a microeconomia, na qual a análise de funcionamento geral da economia é realizadaatravés do exame do comportamento dos agentes econômicos individuais - os consumidores e os produtores, e a macroeconomia, que realiza essa mesma análise, partindo do estudo de agregados econômicos, como a renda, o consumo, e o investimento agregados. Temos ainda, dentro da análise econômica, a Teoria da
1

Entendemos por teoria econômica ortodoxa a teoria econômica clássica, neoclássica e atécerto ponto a teoria econômica keynesiana. À esta teoria ortodoxa opõem-se as teorias econômicas críticas do sistema capitalista: a marxista, a neo-keynesiana-neo-marxista, e as diversas formas de que se revestiu a teoria estruturalista latino-americana.

Moeda e do Crédito, e a Teoria das Finanças Públicas, que depois de Keynes tornaram-se subsidiária à macroeconomia; a Teoria doDesenvolvimento Econômico, que é uma abordagem dinâmica e geralmente com maior atenção às teorias - sociológicas, da macroeconomia; e finalmente a Teoria do Comércio Internacional, ainda apoiada principalmente na discussão sobre a lei dos custos ou vantagens comparativas. Finalmente, a Política Econômica, que teve seu grande momento a partir da obra revolucionária de Keynes no campo de macroeconomia, implica noestudo das medidas de intervenção do governo na economia, visando o pleno emprego, o maior desenvolvimento econômico, a estabilidade monetária e a melhor distribuição da renda. Quando pensada em termos de longo prazo, e acompanhada de um sistema administrativo para executá-la, a Política Econômica transforma-se em Planejamento Econômico. Ao definirmos Economia ou Economia Política dissemos que setrata de uma ciência social. Este fato evidente, já que a Economia tem como objeto o comportamento humano, é todavia facilmente esquecido ou pelo menos relegado a um segundo plano injustificável. Sem dúvida, a Economia preocupa-se apenas com o comportamento econômico do homem. Só lhe interessam as atividades desempenhadas pelo homem no sentido de produzir, distribuir e consumir recursos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Setor aeronáutico
  • Macroeconomia Clássica
  • A Macroeconomia Clássica
  • TEORIAS CLÁSSICAS, NEOCLÁSSICAS E KEYNESIANA
  • Escola Clássica e Keynesiana
  • A teoria clássica e a antítese keynesiana do pleno emprego
  • Analise das diferenças entre a escola clássica e keynesiana Introdução FGV
  • Comente o papel do Estado na economia, na abordagem macroeconômica clássica e keynesiana

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!