Da Integra O Inclus O

Páginas: 12 (2816 palavras) Publicado: 19 de julho de 2015
Da integração à inclusão, novo paradigma
Prof. Adriana Oliveira Bernardes
Doutoranda em Ciências Naturais (Uenf)
Educação Especial
A preocupação em oferecer, no Brasil, atendimento a pessoas com deficiência iniciou-se no século XIX, surgindo o interesse na criação de instituições educacionais direcionadas a essas pessoas.
A educação direcionada a indivíduos com necessidades especiais é chamadaEducação Especial; segundo a legislação, é uma modalidade de educação escolar integrante da educação geral.
No Brasil, a Educação Especial se divide em dois períodos: de 1854 a 1956, é marcada por iniciativas oficiais e particulares isoladas; surgiram nesse período o Imperial Instituto dos Meninos Cegos (1854) e o Imperial Instituto de Surdos-Mudos (1857), hoje, respectivamente, Instituto BenjamimConstant e Instituto Nacional de Educação para Surdos.
De 1957 até os dias de hoje, a Educação Especial é marcada por iniciativas em âmbito nacional.
Integração
O princípio da integração norteou, por muito tempo, os ideais da Educação Especial; trata-se de um processo que visa a integrar o aluno à escola, gerando meios para que o aluno com necessidades especiais se integre graças ao atendimentoque lhe é oferecido; nesse modelo, ao invés de a escola ter que se adequar ao aluno, o aluno é que deve se adequar-se à escola.
Segundo Glat (1991), a integração “é um processo espontâneo e subjetivo, que envolve direta e pessoalmente o relacionamento entre seres humanos”. Na opinião de Rodrigues (2006), “a integração pressupõe uma ‘participação tutelada’, uma estrutura com valores próprios aosquais o aluno ‘integrado’ se tem que adaptar”.
A integração educativo-escolar refere-se ao processo de educar-ensinar, no mesmo grupo, crianças com e sem necessidades especiais durante uma parte ou na totalidade do tempo de permanência na escola (MEC,1994).
Ainda segundo Rodrigues (2006), “quando se fala de escola integrativa trata-se de uma escola em tudo semelhante a uma escola tradicional, em queos alunos com deficiência (os alunos com outros tipos de dificuldades eram ignorados) recebiam um tratamento especial”.
Nesse modelo nega-se a questão da diferença; o aluno especial é inserido no contexto escolar como qualquer outro, sem consideração quanto a possíveis diferenças existentes para seu processo de aprendizagem.
Para Pereira (1980, p. 3), integração “é fenômeno complexo que vai muitoalém de colocar ou manter excepcionais em classes regulares. É parte do atendimento que atinge todos os aspectos do processo educacional”.
Sabemos hoje que considerar que a essência da humanidade possui diferenças é de suma importância para a convivência entre as pessoas e para inserção dos alunos no ambiente escolar; devemos reconhecer as diferenças e aprender a conviver com elas, até porque,mesmo entre os alunos ditos “normais”, existem diferenças no processo de aprendizagem.
Segundo Rodrigues (2006), “o certo é que não só os alunos são diferentes, mas os professores são também diferentes, e ser diferente é uma característica humana comum, e não um atributo (negativo) de alguns”.
No contexto da integração, a educação acontecerá na medida em que o aluno com necessidades especiais seadaptar aos recursos disponíveis na escola regular.
Segundo Sassaki (1997, p. 32), no modelo integrativo “a sociedade em geral ficava de braços cruzados e aceitava receber os portadores de deficiência desde que eles fossem capazes de moldar-se aos tipos de serviços que ela lhes oferecia; isso acontecia inclusive na escola”.
Nesse modelo pedagógico é possível observar a exclusão dos alunos que não seadaptam ao ensino oferecido na escola regular. Esta escola investe no sentido de adaptar o aluno com necessidades especiais à escola regular, sem trabalhar a questão da sua autonomia com o propósito de emancipá-lo, sem exercitar seu senso crítico e colaborar para que haja reflexão tanto dos alunos sem deficiência quanto dos alunos deficientes.
Plano Nacional de Educação Especial – PNEE
Para...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A Integra o e A Inclus o Nos Esportes Paral mpicos
  • INTEGRA O
  • Inclus O
  • inclus o
  • inclu
  • Inclus
  • inclus o
  • Inclus o

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!