Da campanha abolicionista à libertação dos escravos -monografia

Páginas: 74 (18283 palavras) Publicado: 26 de novembro de 2011
JANAÍNA PANCIERI GOTTARDE

A CAMPANHA ABOLICIONISTA
A LIBERTAÇÃO DOS ESCRAVOS.

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO...........................................................................................................08

1. A CAMPANHA ABOLICIONISTA..........................................................................09
1.1 – O PartidoAbolicionista......................................................................................15
1.2 – O Mandato da Raça Negra...............................................................................19
1.3 – O Caráter do Movimento Abolicionista..............................................................23

2. O TRÁFICO DEAFRICANOS...............................................................................29

3. O MOVIMENTO REPUBLICANO...........................................................................43

4. FUNDAMENTOS GERAIS DO ABOLICIONISMO.................................................46

5. A ESCRAVIDÃO ATUAL........................................................................................50CONCLUSÃO.............................................................................................................61

REFERÊNCIAS..........................................................................................................63

INTRODUÇÃO

A palavra tem força criadora.

Aprendi que antes de se praticar o uso da palavra, é necessário conferir poder à esta palavra.

O abolicionismo é um protesto contra essa triste perspectiva, contrao expediente de entregar à morte a solução de um problema que não é só de justiça e consciência moral, mas também de previdência política. Além disso, o nosso sistema está por demais estragado para poder sofrer impunemente a ação prolongada da escravidão.

Cada ano desse regime que degrada a nação toda, por causa de alguns indivíduos, há de ser-lhe fatal, e se hoje basta, talvez, o influxo deuma nova geração educada em outros princípios, para determinar a reação e fazer o corpo entrar de novo no processo, retardado e depois suspenso, do crescimento natural, no futuro, só uma operação nos poderá salvar - à custa da nossa identidade nacional -, isto é, a transfusão do sangue puro e oxigenado de uma raça livre.

1. A CAMPANHA ABOLICIONISTA

Com a abolição da escravidão nos EstadosUnidos, determinada por Lincoln em 1863, nas Américas a nefanda instituição somente ainda sobrevivia em Cuba e no Brasil. Na década de 1870, começaram a proliferar por grande parte do Brasil pequenas células abolicionistas. Em geral eram jovens abnegados, advogados, jornalistas e estudantes, como o poeta Castro Alves, quem por primeiro se engajaram. Grande conversão à causa da libertação dosescravos deu-se com a adesão de Joaquim Nabuco, um ilustre descendente do patriciado pernambucano, homem cultíssimo que emprestou a sua pena e a sua inteligência para participar, nos jornais e revistas da época, da guerra ideológica contra os escravocratas em recuo.

Os abolicionistas não ficaram apenas presos à imprensa. Muitos deles trataram de ajudar pessoalmente os escravos a fugirem e aocultarem-se em quilombos formados nas periferias urbanas, como foi o caso do quilombo do Leblon, no Rio de Janeiro, ou acoitando-se na Serra de Cubatão, em São Paulo. Ainda que o número dos cativos regredira nos últimos anos, eles andavam ao redor de 750 mil pelo Brasil inteiro.

Moralmente, passou a ser cada vez mais insustentável apoiar a manutenção do cativeiro dos negros. Entre os mais destacadosdeles, dos abolicionistas, encontravam-se Euzébio de Queirós, Tavares Bastos, Pimenta Bueno, Rui Barbosa, Souza Dantas, Tobias Barreto, Teodoro da Silva, João Alfredo, José do Patrocínio, André Rebouças, e o precursor Luís Gama. Todavia, interessa observar que muitos abolicionistas não eram republicanos e muitos republicanos não eram abolicionistas. Somente nas vésperas dos acontecimentos do...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Libertação dos escravos
  • LIBERTAÇÃO DOS ESCRAVOS
  • Campanha Abolicionista e a Abolição da Escravidão
  • 13 DE MAIO LIBERTAÇÃO DOS ESCRAVOS
  • O processo de libertação dos escravos
  • Campanhas abolicionistas no recife entre 1884 a 1888
  • Conciencia Negra
  • PEDRO AMÉRICO

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!