cura

Páginas: 35 (8599 palavras) Publicado: 25 de fevereiro de 2015
Curandeirismo e Saúde da Família: conviver é possível?
Charlatanism and Family Health: is co-existence possible?

Izabela Matos - Enfermeira, ex-aluna do Curso de Especialização em Saúde da Família
Endereço: Avenida Dr. Tereziano Magalhães 489. Bairro Esplanada. Bocaiúva – MG Cep:
39390-000.
Rosangela Maria Greco – Doutora, Enfermeira, Professora da Faculdade de Enfermagem
da UFJF -Orientadora do trabalho.
Endereço: Avenida dos Andradas, 379 apto 704. Centro Juiz de Fora – MG Cep: 36033000

RESUMO
Esta pesquisa buscou analisar as relações dos profissionais de uma equipe de Saúde da Família com
curandeiros do Município de Mercês, Zona da Mata mineira. As recomendações da Conferência Internacional
de Alma – Ata, no que diz respeito à Atenção Primária à Saúde, nortearam esteestudo que tem um caráter
qualitativo e exploratório. Além de entrevistas semi-estruturadas, uma observação direta possibilitou a análise
exaustiva dos dados e sua correlação com os pressupostos teóricos. Constatou-se que as práticas da medicina
convencional e da medicina popular existem em uma mesma esfera de ação, porém são independentes e não
se relacionam.

Palavras-chave: Medicina deFamília; Medicina Tradicional; Terapias Espirituais;
Charlatanismo.
ABSTRACT
This study sought to analyze the relationships of the professionals in a Family Health team with the charlatans
practicing in the Municipality of Mercês, in the Mata Zone of the State of Minas Gerais. The
recommendations of the International Conference of Alma-Ata, with respect to Primary Health Care, guided
this study,whose nature is qualitative and explorative. In addition to semi-structured interviews, direct
observation made it possible to exhaustively analyze the data and their correlation with the theoretical
presuppositions. We observed that the practice of conventional medicine and popular medicine exist in the
same sphere of action, but are independent and do not interact with each other.

Keywords: Family Practice; Medicine, Traditional; Spiritual Therapies; Quackery.
1 Introdução
As práticas de curandeirismo fazem parte da tradição cultural da Zona da Mata
mineira. A partir do trabalho nesta região, as autoras observaram que os usuários das
Unidades de Saúde da Família recorrem a essas práticas com freqüência. Tal constatação
despertou o interesse em analisar as relações entre amedicina popular e a medicina
científica. Após levantamento bibliográfico sobre o tema, optaram por focalizar os agentes

1

Revista APS, v.8, n.1, p. 4-14, jan./jun. 2005

produtores das ações curativas e não os usuários dessas ações, como tem sido abordado em
vários trabalhos sócio-antropológicos.
Segundo Ferreira (1993, p.157), curandeiro é “o que cura por meio de rezas e
feitiçarias”,e curandeirismo é “a atividade ou conjunto das práticas dos curandeiros.”
Considerou-se curandeiro aquele que diz curar por meio de rezas e/ou benzeduras,
feitiçarias, chás, raízes e garrafadas e curandeirismo todas essas práticas.
Com relação a essas práticas, a Conferência Internacional sobre Cuidados de
Primários de Saúde de Alma – Ata (1978) afirma que:
Na maioria das sociedades, existemmédicos e parteiras tradicionais. Sendo muitas
vezes parte integrante da comunidade, da cultura e das tradições locais, em muitas
localidades continuam a manter alta posição social, exercendo considerável
influência sobre as práticas sanitárias locais. Com apoio do sistema formal de saúde,
esses praticantes autóctones podem transformar-se em importantes aliados na
organização de medidas paraaprimorar a saúde da comunidade. Certas comunidades
poderão escolhê-los como agentes de saúde da comunidade. Logo, vale a pena
explorar as possibilidades de fazê- los participar dos cuidados primários de saúde e
de lhes proporcionar treinamento apropriado (ALMA-ATA, 1978, p. 51) .

No que diz respeito à relação entre o sistema formal e informal de cuidados da
saúde, esta conferência...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • cura
  • cura
  • Cura
  • Curas
  • a cura
  • cura
  • A cura
  • A cura

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!