Culinária africana

Páginas: 6 (1254 palavras) Publicado: 27 de setembro de 2011
Culinária da África
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo é parte da
temática Culinária

Técnicas de preparação dos alimentos
Utensílios
Técnicas
Pesos e medidas

Ingredientes e tipos de comida
Especiarias e ervas
Molhos - Sopas
Queijo - Massas
Outros alimentos

Lista de receitas
Sobremesas

Culinárias
Regionais:
Africana -Asiática
Baiana - Caribenha
Maranhense - Mineira
Mediterrânica - Paraense
Nacionais:
Brasileira - Chinesa
Espanhola - Estadunidense
Francesa - Israelense
Italiana - Japonesa
Libanesa - Mexicana
Norueguesa - Polonesa
Portuguesa - Russa
Sino-indiana - Sino-canadense
Sino-americana
De outras regiões...
Chefs famosos

Veja também
Cozinhas - Refeições
Cozinha medieval
Wikilivros: Livrode receitas

Esta caixa: visualizar • editar

Se alguma vez existiu uma culinária africana, no sentido de típica de todo o continente – o que é pouco provável, devido às suas enormes dimensões, tanto geográficas como humanas – essa culinária perdeu-se ao longo da história. Os africanos, como os povos dos restantes continentes, receberam “frutos” de todo o mundo, que incorporaram na sua dieta,assim como as próprias técnicas culinárias.
Se quisermos encontrar algum fator comum na alimentação dos africanos, temos primeiro que dividir o continente em duas regiões:
• o norte da África, onde se tornou habitual o cultivo do trigo (incluindo partes do Norte, Nordeste e Leste da Etiópia e o norte do sudão) – esta culinária é desenvolvida na culinária mediterrânica – e
• a África subsaarianaonde, em geral, não é o trigo, mas outros vegetais farináceos que constituem a base da alimentação – é desta região que o presente artigo se debruça.
Ao contrário do norte de África, onde a base da alimentação é uma espécie de pão, na África subsaariana tradicionalmente é uma massa cozida em água que acompanha – ou é acompanhada – por diferentes guisados e grelhados. No entanto, o arroz e abatata aclimataram-se bem em várias regiões de África e atualmente pode dizer-se que metade das refeições têm estes vegetais como fonte de energia.
Na África austral e oriental, principalmente junto à costa, é o milho, moído em grandes pilões ou nas modernas moagens, que serve para fazer o substrato da culinária africana. Nas regiões mais afastadas da costa, é o sorgo o cereal indígena que cumpreeste papel, enquanto que na África ocidental o fufu é feito com os tubérculos do inhame e doutras plantas típicas dessas paragens. A mandioca, outro visitante de outras paragens que se radicou em África, é igualmente uma das fontes de energia utilizada nas regiões mais secas.
Então uma refeição “tipicamente africana” – normalmente consumida ao fim da tarde, depois do dia de trabalho – é formada porum grande prato de arroz ou massa de um dos vegetais mencionados acima, que é normalmente dividido criteriosamente pelos membros do agregado familiar, e uma panela com um guisado ou uma salada que acompanha um peixe ou naco de carne grelhada. Em relação a este “caril” (como se chama ao acompanhamento mais ou menos proteico da refeição em Moçambique), a divisão já tem regras mais rígidas,relacionadas com a divisão de trabalho na sociedade tradicional: o chefe da família tem direito ao melhor bocado, a seguir os restantes adultos e as crianças ficam praticamente com os restos, uma vez que durante as suas brincadeiras elas sempre vão comendo frutos ou mesmo um passarito que lhes apareça à frente.
Isto refere-se evidentemente às famílias que vivem nas zonas rurais – nas cidades, apesar damaior disponibilidade e variedade de alimentos, só uma pequena parte da população tem acesso a uma alimentação melhor que no campo. A maior diferença entre a refeição do africano rural e do pobre das cidades é o conjunto dos utensílios usados para cozinhar e servir os alimentos e do combustível utilizado; e, mesmo assim, as famílias rurais que têm ou tiveram um dos seus membros a trabalhar num...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Culinãria Africana
  • culinaria africana
  • A CULINÁRIA AFRICANA
  • culinaria africana
  • Culinaria Africana
  • culinária africana no Brasil
  • Culinária africana no Brasil
  • Influência Africana na Culinária Brasileira

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!