Crianças abandonadas no brasil. um problema social ou político?

Páginas: 8 (1781 palavras) Publicado: 27 de abril de 2013
[pic]






















































































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3

2 DESENVOLVIMENTO 4
2.1 CRIANÇAS ABANDONADAS DO BRASIL 4
2,1,1 PLITICAS SOCIAIS DO BRAIL...........................................................................5

4 CONCLUSÃO 7REFERÊNCIAS 8



INTRODUÇÃO

O abandono indiscriminado de crianças desde o Brasil colônia se deu pela frouxidão das imposições religiosas e das normas civis, que não eram percebidas como problema de ordem pública, uma vez que as mães muitas vezes expunham seus filhos muitas vezes para a morte, pois esses filhos eram fruto de relações amorosas que a igreja católica via como filhosilegítimos, bastardos, de procedência duvidosa.
O abandono indiscriminado de crianças não foi visto como problema desde “sempre e Sempre” apenas no final do século XVIII começaram a se diferenciar as praticas de exposição distinguindo-se o abandono do infanticídio com a criação da Roda dos Expostos (aparato assistencial governamental), que pretendia tornar o infanticídio uma praticacondenável, e abria-se a perspectiva de acolher as crianças abandonadas que se apoiavam no dispositivo caritativo.
A precariedade da assistência colonial com a criação de apenas quatro Rodas declinou em meados do século XIX, época em que houve a deliberação do Código de Menores de 1927, que determinou o fechamento das Rodas.
Por volta do sec. XX surgiram no Brasil ascreches, jardins de infância; neste período fica evidente sobretudo a dicotomia entre a infância moralmente abandonada e os menores delinquentes.
Entre 1930 e 1950, na era Vargas surge as primeiras ações públicas destinadas a crianças e adolescentes desamparadas, que foi interrompido durante a ditadura militar brasileira.
Como a Constituição de 1988 garante proteçãointegral às crianças e adolescentes e em 1990 o Estatuto da Criança e do adolescente regulamenta esses direitos fundamentais, inicia-se então novo ciclo após a ditadura militar.
A juventude Brasileira está dividida em, excluídos e incluídos tendo como referencial normatizador da juventude o consumo. Como o Estado não consegue fazer com que essa posição de consumidor se concretize aconsequência disso é a marginalização e a criminalidade.

DESENVOLVIMENTO


1 CRIANÇAS ABANDONADAS DO BRASIL



O abandono durante os primeiros séculos de colonização era tão escandaloso que ganhou visibilidade, pois os bebes eram deixados em lugares ermos, tornando-se público uma vez que não existiam instituições criadas para acolher e promover o sustento dessas crianças,contando apenas com a iniciativa familiar individual. Os abandonos tinham fortes conotações de práticas infanticidas, ainda mais agravadas com o fato de as crianças morrerem sem o sacramento do batismo – já que ser pagão equivalia ao suplício de fazer a alma vagar sem descanso por toda a eternidade.
Afinal não havia qualquer atuação do Estado no sentido de viabilizar meios de acolheressas crianças, o que fez da igreja uma instituição fundamental na regulação e normatização das condutas individuais e coletivas das relações familiares através do seu discurso moral.
Ao longo do século XVIII foram estabelecidas as primeiras instituições brasileiras (Roda dos Expostos) para acolhimento das crianças expostas com recursos deixados por comerciantes, sendo uma em Salvador(1726), uma no Rio de Janeiro (1738) e uma no Recife (1789), que funcionavam de maneira irregular e acabaram tendo sua administração transferida para a Santa casa de Misericórdia.
A realidade brasileira caracterizou-se pela ausência de recursos financeiros regulares e pela precariedade da assistência colonial e por não haver rodas suficientes para acolher os enjeitados a comunidade...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Crianças abandonadas no brasil: um problema social ou político?
  • Crianças abandonadas no brasil: um problema social ou político?
  • Crianças abandonadas no brasil: um problema social ou político?
  • Crianças abandonadas no brasil: um problema social ou politico?
  • CRIANÇAS ABANDONADAS NO BRASIL: UM PROBLEMA SOCIAL OU POLÍTICO?
  • Crianças abandonadas no brasil: um problema social ou politico?
  • Crianças abandonadas no brasil: um problema social ou político?
  • Crianças abandonadas no brasil: um problema social ou político?

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!