Criança com câncer x alimentação

Páginas: 18 (4399 palavras) Publicado: 9 de novembro de 2012
UNIVERSIDADE PAULISTA – UNIP

CRIANÇAS COM CÂNCER X ALIMENTAÇÃO

SÃO PAULO
2012
UNIVERSIDADE PAULISTA - UNIP

Aline Pereira Messias – B450606
Carina Leandro da Silva – B459GE7
Eliana Cristina Xavier Silva – B4265E0
Erica de Souza Oliveira – B36OEC0
Franciele Rodrigues Vieira - B425EG7
Iris Souza de Oliveira – A809CD7
Laís Rodrigues De Jesus – B433345Marcela Monteiro dos Santos – b385006
Marcelo Robson Martins - B4325A8
Noelia Rodrigues de Souza – B431776
Cintia Costa Silva –B47FAC-0

São Paulo
2012
UNIVERSIDADE PAULISTA – UNIP

CRIANÇAS COM CÂNCER X ALIMENTAÇÃO


Projeto de pesquisa apresentado á UNIPUniversidade Paulista, curso de nutrição para
a obtenção de nota parcial na disciplina de Praticas
Educativas em saúde, Orientação da Professora Sirlei.

SÃO PAULO
2012
SÚMARIO

INTRODUÇÃO..................................................................................pág:4
FUNDAMENTAÇÃOTEÓRICA........................................................pág:5
CÂNCER INFANTIL..........................................................................pág:5
PROJETO PESQUISA.....................................................................pág:6 ao 13
RESUMOS DAS AULAS.................................................................pág:14 ao 22CONCLUSÃO..................................................................................pág:23
REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS...............................................pág:24 ao 25

4
INTRODUÇÃO

Neste trabalho iremos mostrar todas as dificuldades e a dedicação que é exigida do profissional na área de oncologia infantil, pois a hora daalimentação saudável que é fundamental passa a ser uma tarefa muito difícil e angustiante para a criança que já se encontra nesta situação de tristeza e medo em uma área hospitalar. É comum encontrar crianças que não se alimentam bem e que preferem comidas com gosto mais atraente porem, com menos quantidade de teor nutricional, como por exemplo, o famoso “Fast Food” e doces, como já existe essadificuldade, com as crianças que possuem a doença não seria diferente, com isso o cuidado, paciência e dedicação é dobrado, pois elas necessitam se alimentar adequadamente, para que possam ter um tratamento mais eficaz, e evitar outras doenças rotineiras. O trabalho do nutricionista não é só fazer com que a criança tenha uma boa alimentação, é fazer com entendam a importância desta inclusão dealimentos diferentes no seu dia-a-dia. Por isso este material explica o que é a doença e suas diversidades, a dificuldade do profissional em adaptar uma alimentação mais saudável a vida da criança, e mostrar que é possível tornar essa pratica mais fácil e prazerosa tanto para o profissional como para a criança que já possui um tratamento muito difícil e triste todos os dias.5
FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

Câncer infantil
O câncer no Brasil atinge entre 12 e 13 mil crianças, anualmente. Estima-se que em torno de 70% das crianças acometidas de câncer podem ser curadas, se diagnosticadas precocemente e tratadas em centros especializados. A maioria dessas crianças teráboa qualidade de vida após o tratamento adequado.
Diferentemente do câncer de adulto, o câncer da criança geralmente afeta as células do sistema sanguíneo e os tecidos de sustentação. enquanto que o do adulto afeta as células do epitélio, que recobre os diferentes órgãos (câncer de mama, câncer de pulmão). Doenças malignas da infância, por serem predominantemente de natureza embrionária, são...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Alimentação e cancer
  • Alimentação da criança
  • Alimentação de crianças
  • Alimentaçao criança
  • Crianças com cancer
  • A influÊncia da Alimentação no Câncer Coloretal
  • alimentação,nutrição e câncer
  • A alimentação na prevenção do câncer

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!