Cotidiano, Racionalidade e Sereias

Páginas: 34 (8455 palavras) Publicado: 25 de agosto de 2013
Três caminhos para a servidão

67

COTIDIANO, RACIONALIDADE E SEREIAS:
o “dilema do prisioneiro” como metáfora da questão
ambiental
Ricardo Barbosa Lima*
Maria das Graças Rua**

Resumo: O artigo parte da constatação de que, entre os brasileiros, a
existência de uma horizontal e disseminada consciência ambiental
não se faz acompanhar de uma prática cotidiana consistente. Ou seja,mesmo diante do diagnóstico da crise ecológica global ou dos limites
do crescimento do atual padrão de desenvolvimento socioeconômico,
os indivíduos parecem agir no sentido de sua auto-destruição. A
pergunta que então se apresenta é: O que leva indivíduos bem
informados sobre como e por que agir corretamente, a não fazê-lo?
Como explicar este fenômeno? Neste pequeno artigo propomos umaaproximação entre a problemática ambiental, o descompasso entre o
que se professa e o que se pratica, e o instrumental teóricometodológico proposto por Elster.
Palavras-chave: ação racional; crise ambiental; Elster.

Focalizando o imaginário brasileiro, o professor Hector Ricardo
Leis expressou, durante a II Jornada Internacional sobre
Representações Sociais1, um ponto de vista bastante interessante.Conforme afirmou, as primeiras pesquisas de âmbito nacional2 já
indicavam que o cidadão comum no Brasil seria razoavelmente bem
informado sobre as questões e problemas ambientais. Inicialmente,
segundo a sua observação, esses resultados deixaram muitos estudiosos
bastante entusiasmados. Porém, com o passar dos anos esse entusiasmo
*

Doutorando do Centro de Desenvolvimento Sustentável(CDS-UnB) e pesquisador da
Universidade Federal de Goiás.
**
Professora do Centro de Desenvolvimento Sustentável (CDS-UnB).
Artigo recebido em 10 jul. 2003; aprovado em 12 ago. 2003.

Sociedade e Estado, Brasília, v. 18, n. 1/2, p. 67-88, jan./dez. 2003
Sociedade
41-66,

68

Ricardo Barbosa Lima / Maria das Graças Rua

foi se desfazendo, na medida em que se percebia que conhecimentoaferido não se traduzia diretamente em ações: a densidade dos
discursos e representações se esmaecia nas práticas individuais e
coletivas. Ou seja, haveria entre os brasileiros uma razoável e
horizontal e disseminada consciência ambiental (que por várias vezes
foi traduzida em demandas por melhores condições de vida em
harmonia com a natureza), mas uma prática, no mínimo, a meio
caminho do tãopropalado “agir ecologicamente correto”.
Essa constatação chama a atenção na medida em que, por um
lado, tem se destacado, nas últimas décadas, a capacidade do ideário
ambientalista3 de perpassar diferentes segmentos sociais. Por outro,
essa capacidade de fertilizar e informar os grupos sociais parece não
se traduzir em práticas sociais condizentes; pelo menos, não com o
mesmo rigor efreqüência com que a ladainha do “ecologicamente
correto” é apregoada. Mas ainda, os indivíduos que professam esses
ideais (que se dizem deles sabedores e/ou defensores), por vezes,
parecem, eles mesmos, não se orientarem por esses preceitos. E se
pensarmos nos custos coletivos desse descompasso entre o que se
professa e o que se faz, os resultados parecem ser ainda mais
destoantes.
O que leva umindivíduo bem informado sobre como e por que
agir corretamente, a se comportar diversamente disso? Ou seja, tendo
em vista resultados possíveis, em uma perspectiva macro, acentuar a
degradação ambiental do planeta e, em uma dimensão micro,
contribuir para prejudicar a sua própria qualidade de vida? Aqui está,
ao nosso entender, o grande dilema revelado pela crítica ambiental
ao modelo atualde desenvolvimento. Mesmo diante do diagnóstico
da crise ecológica global ou dos limites do crescimento do atual padrão
de desenvolvimento socioeconômico, os indivíduos parecem agir no
sentido de sua auto-destruição. Como explicar este fenômeno?
Na obra Peças e Engrenagens das Ciências Sociais, Jon Elster
apresenta o que denomina “mecanismos causais que servem de
unidades básicas das...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • sereias
  • Racionalidade
  • racionalidades
  • Racionalidade
  • Racionalidade
  • Racionalidade
  • Racionalidade
  • o canto da sereia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!