corrosão

Páginas: 16 (3927 palavras) Publicado: 4 de setembro de 2014
MONITORAMENTO DA CORROSÃO INTERNA EM PLATAFORMAS OFFSHORE
Rafael Terzi; Fernando B. Mainier*
Departamento de Engenharia Química, Escola de Engenharia,
Universidade Federal Fluminense, Niterói, RJ
*E-mail, mainier@vm.uff.br

_______________________________________________________________________________________
RESUMO
A corrosão é uma das principais causas de falhas em equipamentos etubulações de plataformas de produção de petróleo. Essas
falhas prejudicam o processo, atrasam o cronograma operacional de produção, geram altos custos de manutenção, além de gerar
riscos à saúde e ao meio-ambiente. Devido ao fato de que a maioria dos equipamentos, tubulações e dutos das plataformas de
produção são constituídos de aço (em geral, aço carbono), a indústria de exploração de petróleoestará sempre convivendo com os
processos corrosivos. A utilização de um plano de monitoração da corrosão para diagnosticar, controlar e gerenciar a evolução dos
processos corrosivos nas plataformas é a estratégia de ação proposta nesse trabalho. O Plano de Monitoração da Corrosão Interna
(PMCI) se baseia na análise laboratorial da corrosividade de fluídos e resíduos coletados periodicamente nossistemas das
plataformas de operação; na taxa de corrosão determinada pela utilização periódica de cupons instalados nas tubulações dos
sistemas das plataformas, como cupons de perda de massa e sondas de resistência elétrica; e finalmente, na coleta periódica de
dados operacionais obtidos durante a operação dos sistemas das plataformas. O PMCI irá direcionar e gerenciar as ações a seremtomadas no caso de um agravamento de um processo corrosivo, identificando dos mecanismos corrosivos e sua localização nos
diversos sistemas das plataformas. A otimização do uso de inibidores de corrosão e outros produtos químicos é uma das principais
vantagens do PMCI.
Palavras - chave: corrosão, monitoramento, cupons, inspeção.
1 Introdução
O aço tem sido o material mais empregado na
maioria dossegmentos de bens de produção básicos da
sociedade. E, nessas últimas décadas, tem havido progressos
consideráveis tanto na fabricação de novas ligas ferrosas e
ligas não-ferrosas quanto no desenvolvimento de novos
materiais compósitos. Por outro lado, dada à amplitude do
uso do aço-carbono comum, é de se esperar que o campo de
exposição à deterioração também ocorra de maneira ampla.
Oprocesso corrosivo mais amplo traz
desdobramentos tópicos, inscritos na agenda de setores
específicos da produção. Sem que se perceba, ao longo da
formação, o processo corrosivo acaba fazendo parte, direta
ou indiretamente, do cotidiano profissional diversificado,
começando com o projeto propriamente dito, as montagens,
a operação de produção, a inspeção e terminando no end-ofpipe1, ou seja, como efluente industrial.
Nesta agenda de situações técnicas se incluem os
equipamentos de produção, as utilidades e as tubulações e
conseqüentemente, em torno deles gravitam as fraturas,
rompimentos, contaminações, explosões, etc., todos eles
passíveis de conseqüências trágicas, e até fatais. No caso de
refinarias de petróleo, plataformas de produção e
petroquímicas, o estudo dos processosde corrosão tem lugar
maior, ao se ter em conta que cerca de 50% das falhas de
materiais estão creditadas à corrosão. Não por acaso, o
processo de conhecimento tanto dos princípios da corrosão e
da proteção anticorrosiva, bem como das regras de
1
End-of-pipe- significa que todo efluente industrial é misturado e seu
tratamento é feito apenas ao final do processo industrial.

adequaçãoprática tem sido um desafio no campo da
engenharia de equipamentos e no monitoramento
sistemático [1].
O fato é que os prejuízos causados pelos danos de
corrosão do ponto de vista econômico atingem custos
extremamente altos, tanto diretos como indiretos, resultando
em consideráveis desperdícios de investimento; isto sem
falar dos acidentes ambientais e perdas de vidas humanas
provocadas por...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Corrosao
  • Corrosão
  • Corrosão
  • corrosão
  • Corrosao
  • Corrosão
  • corrosão
  • Corrosão

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!