Controle sanitario industrias

Páginas: 9 (2100 palavras) Publicado: 15 de maio de 2014
RELATÓRIO DE PESQUISA NA ÁREA DE AGROINDUSTRIA

































RELATÓRIO DE PESQUISA NA ÁREA DE AGROINDUSTIA CONTROLE DE ROEDORES, MICROOGANISMOS, INSETOS, PARASITAS



















Controle Integrado de Roedores

O Controle integrado de roedores se baseia no conhecimento da, biologia,hábitos comportamentais, habilidades e capacidades físicas de cada espécie e do conhecimento do meio-ambiente onde estão instalados. Dessa forma o controle se baseia em ações sobre o roedor a ser combatido e também sobre o meio que o cerca
Inspeção: Inspeção da área a ser controlada, com levantamento e anotação da situação encontrada (localização e números de tocas, trilhas, acesso a alimentos, etc).Estas informações são fundamentais para orientar medidas de controle. Identificação da espécie: A identificação da(s) espécie(s) de roedor a ser controlada é fundamental, pois as diferenças biológicas e de comportamento determinarão as estratégias de controle
Anti-ratização: São medidas que visam dificultar ou mesmo impedir o acesso, instalação e proliferação de ratos em uma determinada área.Estas medidas consistem basicamente em eliminar as fontes de alimento, abrigo e água para os ratos.
Desratização: São medidas aplicadas para eliminação física dos roedores. Podem ser utilizados métodos mecânicos, biológicos ou químicos. Devido a maior segurança e eficácia, o método de desratização mais usado é o químico. Para que o processo de desratização seja eficiente, deve sempre seracompanhado das medidas de anti-ratização
Controle Químico de Roedores
O controle químico de roedores é feito com produtos desenvolvidos especialmente para causar a morte dos ratos, comumente conhecidos como raticidas. Inicialmente os raticidas eram de ação aguda, matando rapidamente o animal, essa situação permitia que os demais ratos da colônia evitassem o consumo do raticida, obtendo-se pouca eficácia.Além desse inconveniente, os raticidas agudos eram extremamente tóxicos e não possuíam antídoto específico, ocorrendo freqüentemente acidentes fatais em animais e humanos, em função disso seu uso foi proibido.
Exemplos de raticidas agudos proibidos: estricnina, arsênico, 1080, 1081, sulfato de tálio.
Atualmente os raticidas são de ação crônica, demorando mais de 24 horas para causar a morte dosratos, com isso não ocorre associação da morte com o produto, continuando o consumo pelos demais ratos da colônia. Apresenta menor toxidade para outros animais e um antídoto específico, a vitamina K1. Os raticidas químicos são apresentados na forma de granulados, blocos parafinados e pó de contato.









Granulado
Pó de contato
Bloco parafinado




Ratazana


Dispor oconteúdo da
isca no interior das
tocas ou próximo as
trilhas dos ratos. As
iscas devem ficar em
locais protegidos uma
vez que as ratazanas
são desconfiadas.


Espalhar o pó de
contato no interior
das tocas ou nas
trilhas percorridas
pelos ratos. Este
pó ficará aderido
ao pelo dos ratos
que ao se
limparem irão
ingerir o produto.


Dispor os blocos
em área próxima
as trilhas etocas,
é importante
dispor os blocos
em locais que
ofereçam abrigo
para os ratos.





Rato de telhado
Dispor as iscas nos
locais de passagem
dos ratos, nos forros
das edificações.
Espalhar o pó
sobre “bandejas”
nos locais de
passagem dos
ratos, nos caibros
e forros das
edificações.
Amarrar os blocos
nas estruturas do
telhado (tesouras
e caibros),
próximo aos locais
depassagem dos
roedores





Camundongo
Dispor o produto em
pequenas
quantidades em
vários locais
diferentes e
próximos, pois os
camundongos, por
serem curiosos, não
permanecem muito
tempo no mesmo
local
Não é muito
recomendado
para o controle de
camundongos.
Pouco usado para
o controle de
camundongos.

Pode- se usar também as caixas raticidas, que são fechadas com...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Controle sanitario
  • Controle sanitário de ovinos
  • Controle higienico sanitario dos alimentos
  • ESTUDO DE CASO: ESGOTO SANITÁRIO DE UMA INDÚSTRIA
  • Controle poluição atmosférica em aterros sanitários
  • A importância do controle de estoque na indústria
  • Controle sanitário de bovinos do nascimento ao abate
  • Controle Estatístico na Indústria Farmacêutica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!