Controle de estoque de peças de reposição:

Páginas: 35 (8548 palavras) Publicado: 22 de abril de 2012
Controle de estoque de peças de reposição:
uma revisão da literatura
José Roberto do Regoa*, Marco Aurélio de Mesquitab
a*jrrego@eseg.edu.br, USP, Brasil
bmarco.mesquita@poli.usp.br, USP, Brasil
Resumo
Estoques de peças de reposição atendem necessidades de manutenção e reparo de produtos de consumo, veículos,
máquinas e equipamentos industriais, acarretando frequentemente altos custos decapital e forte impacto no nível
de serviço aos clientes. A grande multiplicidade de componentes, com ciclos de vida mais curtos e baixas demandas
dificultam a gestão destes estoques. Este artigo apresenta revisão da literatura sobre modelos de controle de estoques
de peças de reposição em local único, abordando tanto a previsão de demanda quanto o controle de estoques nos
diferentes estágiosdo ciclo de vida das peças. A partir do levantamento bibliográfico, identificam-se algumas lacunas
referentes à decisão de estocagem ou não de um item, elaboração de pedidos iniciais e finais, na integração de
modelos de previsão de demanda com o controle de estoque e também de estudos de caso na aplicação prática dos
modelos.
Palavras-chave
Estoque. Peças de reposição. Demanda esporádica.
1.Introdução
Estoques de peças de reposição possuem
características distintas de outros estoques nas
empresas. Cohen e Lee (1990), Cohen, Zheng e
Agrawal (1997), Muckstadt (2004), Kumar (2005)
e Rego (2006) apontam alguns fatores importantes
para a gestão destes estoques:
• Clientes têm expectativas cada vez maiores quanto
à qualidade dos produtos e serviços associados. A
ocorrência defalhas já é um transtorno e a demora
nos reparos por falta de peças agrava a percepção
negativa do cliente;
• Há itens com demanda elevada (em geral itens de
maior desgaste e manutenção preventiva), mas a
grande maioria tem demanda esporádica; e
• O aumento da complexidade dos produtos e
a redução dos ciclos de vida geram aumento
da quantidade de códigos ativos e risco de
obsolescência.Inicialmente, é importante diferenciar peças
descartáveis de reparáveis. Para alguns segmentos,
peças de reposição são extremamente caras e seu
reparo (ao invés do descarte) é vantajoso; unidades
danificadas podem ser substituídas tanto por peças
novas quanto por peças recuperadas. Neste caso, os
modelos de controle de estoque devem considerar
também custos e tempos de reparo. Sherbrooke(2004) discute o caso de peças reparáveis.
Outra dimensão do problema está associada
à existência de um único ou múltiplos locais de
estocagem (KENNEDY; PATTERSON; FREDENDALL,
2002). Este artigo concentra-se na revisão da
literatura relacionada à gestão de estoques de peças
descartáveis em local único.
Inicia-se com métodos de previsão específicos
para demandas esporádicas. A previsão dedemanda
é utilizada tanto na parametrização do controle
do estoque quanto, em alguns casos, na própria
decisão de quanto repor nos estoques.
Em seguida, são revistas algumas formas de
classificação dos itens para diferenciar o controle
Produção, v. 21, n. 4, out./dez. 2011, p. 645-655
doi: 10.1590/S0103-65132011005000002
*USP, São Paulo, SP, Brasil
Recebido 10/01/2010; Aceito 26/05/2010
deestoques quanto ao tipo de controle, nível de
serviço desejado e custos associados. Os aspectos
usualmente considerados nestas classificações
incluem valor, criticidade, demanda e a fase do ciclo
de vida do produto.
O ciclo de vida das peças de reposição está
associado ao ciclo de vida dos produtos finais que a
empregam (FORTUIN; MARTIN, 1999). Sua demanda
é afetada por diversos fatores:tamanho e idade
da “população” dos produtos finais (vendas, frota
circulante, parque instalado, etc), características
da manutenção desses produtos (preventiva,
corretiva, etc) e características das peças e de suas
falhas (desgaste, acidente, envelhecimento, etc).
Fortuin (1980) divide o ciclo de vida das peças em
três fases: inicial, normal ou repetitiva e fase final.
Ao longo destas fases...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • PADRONIZAÇÃO E CONTROLE DE PEÇAS PARA REPOSIÇÃO
  • PRINCIPAIS FERRAMENTAS DE CONTROLE E REPOSIÇÃO DE ESTOQUE
  • Implantação controle de estoques
  • ROTEIRO DE PESQUISA PARA CONTROLE DE ESTOQUE EM LOJA DE PEÇAS
  • Modelagem da gestão de estoques de peças de reposição através de cadeias de Markov
  • Engenharia de pecas reposicao embraer
  • Controle de estoque
  • Controle de estoque

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!