Controle da Atividade no século XVII - Vigiar e Punir

Páginas: 8 (1876 palavras) Publicado: 13 de novembro de 2014
No século XVII, o autor considerava um soldado pelas sua marcas naturais físicas, coragem, virtude, força e valentia. Logo, com a chegada do século XVIII, Foucault percebe que os soldados são criaturas passíveis de fabricação, podendo modelar o corpo de forma que seja necessária para cada mecânica que queira se enquadrar. Através destes aspectos, surgem as formas disciplinares de ter o corpocomo objetos e os métodos de formulação de soldados e comando sobre eles.
A arte das distribuições, o controle das atividades, a organização dos Gêneses entre outros, fazem parte deste processo com o objetivo de disciplinar e formar cada pessoa para sua determinada finalidade. Alguns dos métodos disciplinares já faziam parte do cotidiano no século XVII, mas a partir de um determinado momento, secria uma nova micro física do poder no qual as disciplinas se tornam forma gerais de dominação. A nova forma disciplinar tem seu aspecto mais importante na Teologia, onde se tem os detalhes como principal, Acreditava-se que: “ nenhuma imensidão é maior que um detalhe para DEUS”. E são exatamente esse detalhes que são abordados no Controle das Atividades.
Como foi ressaltado acima, o controle dasatividades são muito ligados a detalhes que moldam o corpo, tornando-o dominado e fazendo cada vez mais ele se parecer com a mecânica desejada, O horário, A elaboração temporal do ato, o corpo e o gesto postos em correlação, a articulação corpo-objeto e a utilização exaustiva, são formas de se conseguir isso.
1) O horário: tem seus grandes três processos – Estabelecer as cesuras, obrigar aocupações determinadas e regulamentar os ciclos de repetições, foram encontrados muito cedo em hospitais e escolas. A partir daí surgiram as disciplinas nos exércitos com base nos líderes religiosos, que eram dotados como grandes conhecedores e dominadores do tempo. Mas Foucault deixa claro que as disciplinas diferentes mudam a organização cronológica do tempo. Uma das finalidades do modo disciplinar dohorário é erradicar a perca de tempo, fazer com que todo o tempo preciso seja gasto com o trabalho, acima de tudo vinha a produtividade, não deve ser feito nenhum tipo de interrupção no momento do trabalho, deve ser todo aproveitado e também deve-se apresentar qualidade, sem erros em suas responsabilidades.
2) A elaboração temporal do ato: Na medida em que define todas as fases de sua realização eas relaciona a um momento no tempo, permite um controle da atividade no seu próprio interior .Não e mais necessário fiscalizar do exterior uma atividade em realização, porque as fiscalizações esta implícita ao seu próprio desenvolvimento funciona como sistema de alarme que põe em evidência o desvio,uma vez que seu efeito repercute sobre toda a atividade. O desenrolar do ato é seu próprio vigia. Adisciplina faz com que cada gestos que compõem o ato esteja sintonizado com a atitude global do corpo e com o objeto manipulado. Essa sintonia ao mesmo tempo em que facilita o controle aumenta a eficiência. Com isso,a disciplina controla qualquer atividade, a partir de uma codificação instrumental do corpo. Nesse funcionamento não pode haver instantes disponíveis, pois cada instante deve sempreser preenchido com uma função.
Cada ato, cada gesto, no seu devido tempo. Por exemplo, na marcha da tropa:
“... acostumar os soldados a marchar por fila ou em batalhão, a marchar na cadência do tambor. E, para isso, começar com o pé direito a fim que toda a tropa esteja a levantar o mesmo pé ao mesmo tempo...” Foucault, 1997, pag.:129
É outro grau de precisão na decomposição dos gestos e dosmovimentos, outra maneira de ajustar o corpo a imperativos temporais.
É bastante interessante como Foucault desenvolve a idéia de que os corpos podem ser modelados, e pelo o que ele escreve sobre as técnicas fica muito claro ver que realmente os corpos são dóceis, podem ser manipulados, e como o corpo é algo fundamental para a disciplina.
3)Donde o corpo e o gesto postos em...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Vigiar e punir
  • Vigiar e Punir
  • vigiar e punir
  • Vigiar e punir
  • Vigiar e punir
  • Vigiar e punir
  • vigiar e punir
  • Vigiar e Punir

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!