contratos

Páginas: 14 (3445 palavras) Publicado: 17 de março de 2014
FACULDADE DO SUL DA BAHIA
Direito



Maurício de Jesus Souza

















RESENHA DO LIVRO: VIGIAR E PUNIR























Teixeira de Freitas
2012
Maurício de Jesus Souza






















TÍTULO DO TRABALHO


Trabalho apresentado à disciplina de Pesquisa e Pratica do curso de Direito da Faculdade doSul da Bahia, como requisito para obtenção da avaliação bimestral.Profª Rosemarie......



















Teixeira de Freitas
2012








































“Todo recomeço exige renuncia, desapego... não que eu não queira mais lembrar ou até mesmo esquecer o que passou, mas tem coisas na vida que é necessário abrir mãopara que novas experiências venham”.
Autor desconhecido








Vigiar e Punir umas das obras mais importantes de um renomado filósofo e professor francês Michel Foucault, um importante escritor, nasceu em Poitiers em 15 de outubro de 1926 e morreu em Paris, 25 de junho de 1984. O seu trabalhofoi desenvolvido em volta do saber filosófico, seu trabalho também se concentrou sobre a relação entre poder governamental, e as práticas de subjetivação. Foucault publicou seu primeiro livro no ano de 1954, a "Doença mental e personalidade", na Suécia, no mesmo ano ele aceitou uma posição na Universidade de Uppsala, como professor e conselheiro cultural. Em 1958, ele saiu da Suécia e foi morar emVarsóvia.
Foucault voltou à França, em 1960, para concluir a sua tese em filosofia na Universidade de Clermont-Ferrand. Em 1961, concluiu doutourado, com a tradução e uma introdução com notas sobre "Antropologia do ponto de vista pragmático". Em 1965 Foucault se mudou para Tunisia onde lá tomou uma posição na Universidade de Túnis, foi nomeado para a Comissão para a reforma das universidadesestabelecido pelo Ministro da Educação da época.
Em 1966 ele publicou uma grande obra “As Palavras e as Coisas”, que teve um enorme sucesso. Ao mesmo tempo, a popularidade do estruturalismo está em seu auge, e Foucault rapidamente é agrupado com estudiosos e filósofos.

Em maio de 1968 Foucault ainda em Túnis, durante grandes acontecimentos onde ele estava profundamente envolvido com a revoltaestudantil na Tunísia, no mesmo ano. retornou à França e publicou "A arqueologia do saber.

No ano de 1975 ele publicou um de seus maiores clássicos, “Vigiar e Punir”, tida como uma obra que alterou o modo de pensar, no mundo ocidental. É um exame dos mecanismos sociais e teóricos que motivaram as grandes mudanças que se produziram nos sistemas penais e prisionais ocidente. O livro dividi-se emquatro partes, intituladas "Suplício", "Punição", "Disciplina" e "Prisão", Foucault inicia o livro expondo o contraste as formas de punição. A obra “Vigiar e Punir” narra uma historia onde relata a violencia sofrida pelas pessoas que vivem em cárceres. Michel Foucault aborda uma periodo na historia em que marca a transição da medida efetiva da politica criminal e a aplicação de -sanções pesadas,caracteristicas presentes nos sistemas penais do mundo ocidental. A obra começa da análise do sistema penal corresional baseado no suplicio método irracional e desumano por natureza. Foucault ultiliza-se de formas inimaginaveis, à nossa epoca, para demostrar atos brutais onde seres humanos são punidos de diversas formas brutais e muitas vezes fatais.
Foucault, inicia a obra narrando a história deDamiens, que fora condenado, a 2 de março de 1957, a pedir perdão publicamente diante da porta principal da Igreja de Paris aonde devia ser levado e acompanhado numa carroça, nu, de camisola, carregando uma tocha de cera acesa de duas libras, na dita carroça, na praça de Greve, e sobre um patíbulo que aí será erguido, atenazado nos mamilos, braços, coxas e barrigas das pernas, sua mão direita...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Contratos
  • contrato
  • Contrato
  • Contrato
  • Contrato
  • Contratos
  • Contrato
  • contrato

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!