Contingência e teoria social.

Páginas: 6 (1400 palavras) Publicado: 2 de abril de 2013
CONTINGÊNCIA E A TEORIA SOCIAL

Contingência
Eventualidade, possibilidade de que algo aconteça ou não. Filosofia. Condição de toda coisa existente ser criada, ser condicionada.
O contingente é o dependente, o criado e o acidental, que pode ser ou não. As ciências (exatas) referme-se as regularidades contidas na natureza e as ciências sociais referem-se a sociedade e a apresentam-nas naforma de leis cientificas e abrem o caminho à sua manipulação técnica.
Luhmann chama atenção para a contingência como valor próprio da sociedade morderna. Para ele, as imprevisibilidades e possibilidades no campos dos acontecimentos são características da sociedade contemporânea.
Contingência não é “acaso”ou “imprevisto”. É tudo que não é necessário, nem impossível.
Em decorrência do aumento dacomplexidade das sociedades modernas, resultado da sua diferenciação funcional, crescem as opções de ação para cada indivíduo. Isso, por sua vez, resulta no aumento de experiências de contingência por parte do ator social.

Risco e Contingência
O risco é a maneira, ou seja, é uma expressão moderna da consciência da contingência. O intelectual que nasce da idade contemporânea tem aconsciência da contingência.

A exploração da contingência
A sociedade industrial explora a contingência. Explora na base dos conhecimentos científicos daquilo que é Possível. A grande metáfora da contingência é “o plástico”, que demonstra a plasticidade daquilo que é.
Ser “plástico”significa ser cientificamente transparente e acessível às manipulações técnicas.
O “plástico”é a realização de umapossibilidade; é uma possibilidade que emerge de estruturas determinadas por padrões que seguem regras causais.
A contingência é, então, muito mais do que o acaso, aleatoriedade ou o risco que o indivíduo corre quando se encontra com um perigo inesperado. A contingência “abraça”esses conceitos e faz deles somente um aspecto de uma realidade “plástica”, determinada e livre, no mesmo momento.
Afraca determinação do comportamento humano pelos instintos significa também, que o homem “nasce livre”.
Essa liberdade é desde cedo um desafio, pois cada indivíduo confronta-se com a possibilidade do fracasso dos seus esforços de assimilar as estratégias de sobrevivência com sucesso.
O mundo, em permanente mudança, não permite a fixação da ação daquele que quer sobreviver, também, com contextostransformados.
A resposta à mudança externa é a inovação da tática de vida, e os exemplares juvenis das espécies tendem a brincar com as possibilidades abertas.
O homem é o ser que possui entre os seres que tem a possibilidade de poder ser diferente, de poder viver diferente.
A diferenciação das suas táticas e estilos de vida nasce da sua incapacidade de se entregar plenamente a umadeterminação biológica, característica para todas as outras espécies.
O homem fez da contingência sua vida, ou deveríamos dizer o contrario? A vida fez do homem o guardião engenhoso da contingência.

Padrões de possibilidade
A afirmação “tudo é Possível”tem mais a função de despertar a nossa mente para a variedade de trajetórias e estados Possíveis do que expressar adequadamente o campos dosacontecimentos.
Na verdade, não é “tudo”que é Possível, mas é Possível muito mais do que mente comum acha que seja.
Devemos lembrar que a existência de regularidades do comportamento das coisas faz com que elas sejam passíveis de manipulações técnicas e insights científicos.
Nem tudo é possível, mas muito mais do que nós comumente imaginamos. Sabemos muito pouco sobre o possível.
Quando setrata de catástrofes, surgem a cada ano mais estudos sobre suas causas, para chegar a um mínimo de planejamento e ação preventiva.
Nesse contexto, risco ganhou bastante relevância, pois permite trabalhar com cenários catastróficos dentro dos padrões de possibilidades de cada caso.

Conclusão
Falar da contingência não pode significar que o mundo está à disposição plena do homem.
As...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Teoria da contingencia
  • Teoria da contingencia
  • Teoria da contingência
  • Teoria da contingência
  • TEORIA DAS CONTINGENCIAS
  • TEORIA DA CONTINGENCIA
  • Teoria da Contingência
  • teoria da contingencia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!