Contábilidade

669 palavras 3 páginas
FACULDADE FLAMINGO

DIREITO E LEGISLAÇÃO

SÃO PAULO
2011
FACULDADE FLAMINGO

SOCIEDADE EM NOME COLETIVO

Aline Silva Mota Bruna Rafaela Sanches Duarte Diogo Aparecido Cruz Joyce Teixeira dos Santos Leandro Higuchi Marcelo da Silva Maciel Marcos Antônio Bezerra Vieira Patricia Trindade de Oliveira Introdutório I – Barra Funda

SÃO PAULO
2011

DEFINIÇÃO SOBRE SOCIEDADE EM NOME COLETIVO

Para criarmos propiedade sobre este termo é importante entendermos sua origem histórica, assim assimilaremos gradativamente seu conceito.
Pela história podemos entender que o homem em sua natureza é um ser gregário, sua tendência é agrupar-se, garantindo assim uma forma inteligente de garantir sua subsistência e garantir a realização do seu propósito.
Orlando Gomes dos Santos , pontifica ‘’ a necessidade de personalizar o grupo, para que possa proceder a uma unidade, participando do comércio jurídico, com individualidade.’’
A Sociedade em nome coletivo é a mais antiga entre todas as sociedades comerciais da idade medieval (Idade Média). Surgiu na Itália, derivou-se da comunidade familiar, onde realizavam atividades mercantis, regida pelo JUS MERCATORUM DE CUNHO CONSUETUDINÁRIO.

Relacionados

  • Contabilidade
    775 palavras | 4 páginas
  • Contabilidade
    5619 palavras | 23 páginas
  • contabilidade
    4474 palavras | 18 páginas
  • contabilidade
    1463 palavras | 6 páginas
  • Contabilidade
    1173 palavras | 5 páginas
  • Contabilidade
    2403 palavras | 10 páginas
  • Contabilidade
    3430 palavras | 14 páginas
  • Contabilidade
    1946 palavras | 8 páginas
  • contabilidade
    4703 palavras | 19 páginas
  • contabilidade
    635 palavras | 3 páginas