Construção civil

Páginas: 15 (3730 palavras) Publicado: 29 de abril de 2013
MATERIAIS

DE

CONSTRUÇÃO

CIVIL
TURMA EC5P 13
NOME: RA T
ANDERSON DOS SANTOS RIBEIRO B015JE-3
ARTUR CARNEIRO CAMARGO A795EA-6
EDGAR RODRIGUES DA SILVA B005009ELTON SEVERINO DE SOUZA A97BFG-2
DIOGO ROBERTO B072741

ÍNDICE PÁG

1.MASSA ESPECÍFICA DO CIMENTO (NBR-6474)...........................................3

2.EXPANSIBILIDADEDOCIMENTO (ESTABILIDADE VOLUMÉTRICA)...........6 NBR 11582

3.MASSA UNITARIA DO CIMENTO NBR 7251..................................................9

4.FINURA DO CIMENTO NBR 11579...............................................................11

5.SUPERFÍCIE ESPECÍFICA DO CIMENTO NBR NM76.................................14

6.TEMPO DE ÍNICIO E FIM DE PEGA NBR11581..........................................16

7.BIBLIOGRAFIA...............................................................................................20

1. MASSA ESPECÍFICA DO CIMENTO
(NBR-6474)

Introdução
O relatório contém a relação de todos os equipamentos utilizados no experimento, adotando a definição da fórmula da densidade para esclarecer o assunto, coleta de dados doexperimento feito em aula tudo baseado segundo a Norma Técnica NBR-6474-Cimento Portland-Determinação da Massa Específica do Cimento. Massa especifica é a massa da unidade de volume, incluindo neste, os vazios, permeáveis ou impermeáveis, contidos nos grãos.

Objetivos
Este ensaio prescreve o método para determinação da massa específica (ρ) do cimento portland e outros materiais em pó por meiodo frasco volumétrico de “Lê Chatelier”.

Equipamentos

Frasco de vidro de Lê Chatelier com 250mm de altura e bulbo com aproximadamente 250 cm3 de capacidade até a marca zero da escala;
Funil de vidro;
Termômetro;
60g de cimento;
250ml de querosene;
Recipiente para pesagem do cimento;
Balança de precisão de 0,01g;
Recipiente com água.

Preparação da Amostra
A amostra deve ser analisacomo recebida, exceto se for constatada a presença de de corpos estranhos ao material.
No caso de haver corpos estranhos, a amostra dever ser peneirada em peneira de abertura de 0,0755mm.

Procedimento Experimental

Colocar o querosene no frasco com auxílio do funil em quantidade suficiente para que seu volume esteja compreendido entre as marcas 0cm3 e 1cm3 .
Secar o colo do frascovolumétrico, na parte acima do nível do líquido, com papel absorvente.
Submergir o frasco no banho termorregulador até que seja obtido o equilíbrio térmico. Anotar a leitura inicial (Li).
Com auxílio do funil, lançar cuidadosamente a amostra no frasco volumétrico. Terminada esta operação, inclinar ligeiramente o frasco, que deve estar apoiado em uma superfície plana e horizontal e submete-lo amovimentos pendulares até que, voltando-se o frasco na posição vertical, não haja imersão de bolhas de ar do interior da camada do material depositado no fundo do frasco.
Submergir o frasco volumétrico no banho termorregulador até que seja atingido o equilíbrio. Anotar a leitura final (Lf).
Cálculo
Massa Específica (γ)
Relação entre massa (M) de uma determinada quantidade de material e o volume(Lf-Lo) por ela ocupado.

γ =M÷(Lf-Lo) (g/cm³)

A unidade de massa específica é a megagrama por metro cúbico (Mg . m-3 ou Mg/m3).

Procedimento
M=60g
Lf-Lo=20,1 cm³

γ =60/20,1 = 3g/cm³
A massa específica do material é calculada pela expressão, onde “M” é a massa da amostra ensaiada, e “L” o volume da amostra obtido por Lf-Lo....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Construção civil
  • Construção Civíl
  • Construção civil
  • Construçao Civil
  • Construção civil
  • Construção Civil
  • Construção civil
  • Construção civil

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!