Constituiçao de 1988

Páginas: 2 (252 palavras) Publicado: 16 de outubro de 2011
CONSTITUIÇÂO DE 1988

Em 5 de outubro de 1988 seção de encerramento da assembléia Nacional Constituinte, o Deputado Ulysses Guimarães , presidente daassembléia Nacional constituinte, exalta a partem excitação popular da nova constituição brasileira por ele considerado a constituição cidadão,porque recuperará comocidadão milhões de brasileiro, vitimas da pior das discriminações: a miséria; e ele tinha razão .embora muitos brasileiros ainda estejam na completa misérias,segredos nas gestos da perseguição Social; não se pode negar que a carta de Magna de 88 foi a que apresentou vários deveres para o Estado obrigações possíveis, emprincipio, de serem exigidas pela população.E esse é um dos motivos da corta magna ter recebido o apelido de “cidadão” pelo presidente da assembléia nacionalconstituinte, e deputado Ulysses a proteção divina, da atual carta republicana declarou promulgada o documento da liberdade, de democracia e da justiça Social,do Brasil.já sepassaram mas de 20 anos da prolongação da liberal e democracia da carta cidadão, de lá pra cá muitas alterações ocorram, desfigurando boa parte do trabalho laborioso daconstituinte originário de 1988.
Ele recorreu em 2 de fevereiro de 1987 as reivindicações da rua ,Em 5 de outubro de 1988,a nação mudou na rua elaboração,dos seus poderes restaurando a Federação,mandou o homem cidadão,e seus demais princípios.
A constituição, não é perfeita, ou já há suas controversas, A constituiçãopretende ser a voz,e a vontade política, promulgação o seja o nosso grito (MUDA BRASIL ).
A nação quer mudar, A nação deve mudar
A nação vai mudar. Muda Brasil.
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Constituição 1988
  • Constituição de 1988
  • constituição de 1988
  • constituição 1988
  • CONSTITUIÇÃO DE 1988
  • Constituição de 1988
  • Constituição de 1988
  • Constituição de 1988

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!