conimbriga

Páginas: 26 (6332 palavras) Publicado: 26 de novembro de 2013
ÍNDICE

Introdução

Pág.2

A estrada e as muralhas

Pág. 3

A casa dos repuxos

Pág. 5

Lojas a sul da estrada

Pág. 7

Casa da cruz suástica e a casa dos esqueletos

Pág. 8

Termas da muralha

Pág. 10

Basílica Paleocristã

Pág. 11

Casa atribuída a Cantaber

Pág. 12

Ínsula do aqueduto

Pág. 14

Termas do Aqueduto

Pág. 15

Fórum

Pág. 16

Faseantiga do Fórum

Pág. 17

Ruas centrais e Ínsulas

Pág. 18

Terreno da Faculdade de Letras

Pág. 19

Ínsula do Vaso Fálico

Pág. 20

Ínsula a norte das Termas

Pág. 21

Termas do sul

Pág. 22

Termas antigas e outros vestígios

Pág. 23

Anfiteatro

Pág. 24

Aqueduto e Alcabideque

Pág. 25

Curiosidades históricas das ruínas

Pág. 27

Anexos

Pág. 30Conclusão

Pág.33

Bibliografia

Pág. 34

INTRODUÇÃO
O nosso grupo de trabalho teve em conta a localização deste tema de estudo,
por se localizar no nosso país e oferecendo a possibilidade de acesso, visita e estudo
no próprio local.
É sabido que Conimbriga foi habitada desde tempos pré-históricos, mas pensase que foram os Celtas quem por aqui deixaram mais pessoas. Por aqui também sefixaram lusitanos, suevos, visigodos, entre outros povos. A cidade foi conquistada
pelos Romanos no ano de 136 antes da era Cristã durante a expedição de Décimo
Júnio Bruto, e sendo completamente Romanizada no reinado de Augusto. Entende-se
o porquê da localização da cidade neste local e a forte concorrência entre os vários
povos que aqui se tentaram fixar. Situada num planalto, oferece excelentescondições
geográficas, principalmente para a defesa desta, uma cidade ao alto rodeada por vales
e rios – era um local perfeito para evitar inimigos. Atingiu grande prosperidade a partir
da segunda metade do século II antes de Cristo com os Romanos a trazerem à região
desenvolvimento, artes, construções, indústria e organização social.

2

A ESTRADA E AS MURALHAS
As áreas escavadas deConímbriga
implantam-se sensivelmente no centro da
antiga cidade. No acesso às ruínas, existe
uma zona plana que os Romanos
adicionaram ao povoado pré-romano que
encontraram no séc. I antes da era cristã; as
grandes residências, situam-se ao redor do
encontro dos três eixos viários principais, a
zona monumental situa-se perto do centro
do planalto que a cidade desde sempre
ocupou.

Portas da muralha do Alto-Império

I época de construção
II Reconstrução flaviana

A rede viária de Conímbriga baseia-se essencialmente numa estrutura
triangular, ditada pelas características topográficas do planalto e pelos três eixos que
nessas condições estruturaram o território: o eixo principal do povoado, que já existia
quando os romanos ocuparam a região, e os dois eixos da via romanaque foram
incorporados na cidade. Desde muito cedo os edifícios construídos face a estas vias
foram precedidos de pórticos que flanqueavam toda a extensão da rua, pelo menos
nos seus troços principais. O lajeado da zona central data do período flaviano.
Os romanos terão conquistado Conímbriga em 136 antes da era cristã, durante
a expedição de Décimo Júnio Bruto, mas só no reinado de Augusto acidade se
remodelou à maneira romana. Um dos elementos desta remodelação, ainda que talvez
não dos primeiros, foi uma grande muralha – grande em extensão não em dimensão
do muro – que marcou os limites da cidade em cerca de quinze hectares. Nesta
muralha abriam-se portas, portas estas que tinham muito significado para os romanos,
davam acesso á cidade pelas principais vias. A porta que seabria para a via de Selio era
flanqueada por duas torres e, do lado interno, existiam dois espaços cobertos que
terão servido de casa de guarda.



Estrutura do urbanismo da Zona da cidade

3

Quando a cidade foi promovida a município, pouco depois de 75 depois de
Cristo, a porta foi remodelada, demolindo-se as torres e criando-se uma fachada de
três arcos, sendo mais alto o...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • conimbriga
  • Relatório Conimbriga
  • Visita de Estudo a CONÍMBRIGA
  • Trabalho sobre Conímbriga
  • Trabalho sobre Conímbriga

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!