Conflitos e Possíveis Diálogos entre Unidades de Conservação e Populações Camponesas: Uma análise do Parque Estadual Intervales e o bairro Guapiruvu (Vale do Ribeira/SP)

Páginas: 152 (37944 palavras) Publicado: 9 de agosto de 2013
Universidade de São Paulo
Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Departamento de Geografia

CONFLITOS E POSSÍVEIS DIÁLOGOS ENTRE UNIDADES DE
CONSERVAÇÃO E POPULAÇÕES CAMPONESAS:
UMA ANÁLISE DO PARQUE ESTADUAL INTERVALES E O BAIRRO DO
GUAPIRUVU (VALE DO RIBEIRA/SP)

Maurício de Alcântara Marinho

Dissertação apresentada ao Programa de Pós-graduação em
Geografia Física, doDepartamento de Geografia
da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências
Humanas da Universidade de São Paulo, para
obtenção de titulo de Mestre

Orientadora: Profa. Dra. Sueli Ângelo Furlan

São Paulo
2006

Resumo
O bairro do Guapiruvu está situado entre os municípios de Sete Barras e Eldorado
Paulista, na região do Vale do Ribeira, atualmente com cerca de 150 famílias.
Localiza-selimítrofe ao PEI (Parque Estadual Intervales), unidade de proteção
integral com mais de 41.700 hectares, inserida no Contínuo [Continuum]
Ecológico de Paranapiacaba, um dos principais remanescentes conservados da
Mata Atlântica. Nos últimos dez anos se agravou o problema de extração
clandestina da espécie Euterpe edulis - o palmito jiçara como é conhecido na
região - entre outros danosambientais e patrimoniais. Trata-se de um conflito
permanente e diretamente relacionado ao processo de exclusão social da região.
Neste mesmo contexto surgiu, em 1997, a AGUA (Associação de amigos e
moradores do bairro Guapiruvu) e que promoveu e estruturou políticas públicas
para o bairro, por meio de parcerias, projetos e ações socioambientais e atos
reivindicatórios ao poder público. Sua atuaçãoenvolve também a mediação de
conflitos entre a comunidade e o Parque. A abordagem de um conflito
permanente requer esforço permanente de cooperação. Mais do que possível
diálogo [entre moradores-lideranças do bairro Guapiruvu e funcionários-gestores
do PEI], faz-se necessário construir instrumentos de parceria mais duradouros
entre as instituições envolvidas.
Palavras-Chave: Unidades deConservação (UCs), Mata Atlântica, Vale do
Ribeira, Intervales, Guapiruvu, conflitos, comunidade, campesinato

MARINHO, Maurício A. Conflitos e possíveis diálogos entre unidades de
conservação e populações camponesas: Uma análise do Parque Estadual
Intervales e o bairro Guapiruvu (Vale do Ribeira/SP. São Paulo, 2006.
Dissertação (Mestrado em Geografia Física). Faculdade de Filosofia, Letrase Ciências Humanas. Departamento de Geografia. Universidade de São
Paulo

Abstract
The neighborhood of the Guapiruvu is situated between the towns of Sete Barras
and Eldorado Paulista, in the region of the Vale do Ribeira, nowadays, with around
150 families. It is next to the State Park Intervales (Parque Estadual Intervales PEI), a protected area with more of 41.700 hectares, inside of“Continuum
Ecológico de Paranapiacaba”, one of the main areas remainders conserved of the
Atlantic Forest. In the last ten years was aggravated the problem of clandestine
extraction of the specie Euterpe edulis, the palm jiçara as is known in the region,
among others patrimonial and environmental damages. It deals with a permanent
conflict and straightly related to the process of socialexclusion of the region. In
this same context, arose, in 1997, AGUA (Association of friends and inhabitants
of the neighborhood Guapiruvu) that promoted and structured public politics for the
neighborhood, by means of partnerships, socioenvironmental projects and claimed
acts to the public power.

Its action involves also the mediation of conflicts

between the community and the Park.

Theapproach of a permanent conflict

applies a permanent effort of cooperation.

More than a possible dialogue

[between inhabitants-leaderships of the neighborhood Guapiruvu and member of
staff-administrative of the PEI], it is necessary build instruments of partnership
more durable between the institutions involved.
Keywords: Protected Areas, Atlantic Forest, Vale do Ribeira, Intervales,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Unidades De Conservação e Parque Estadual Campos Do Jordão
  • O Parque Estadual Intervales
  • Plano de manejo Parque Estadual Intervales
  • Unidades de Conservação e o descaso com a legislação: o caso do Parque Estadual do Utinga (Belém-PA)
  • Petar
  • Petar- parque estadual turístico do alto ribeira
  • “POPULAÇÕES TRADICIONAIS” E A PROTEÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS EM UNIDADES DE CONSERVAÇÃO.
  • DESAFIOS E TENSÕES EM TORNO DA CONSERVAÇÃO AMBIENTAL: OS CONFLITOS SOCIOAMBIENTAIS GERADOS PELO PARQUE ESTADUAL...

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!