Confiabilidade e o futuro da gestão de produção e operações

Páginas: 10 (2445 palavras) Publicado: 3 de abril de 2014
Uma gestão mais eficiente resultaria em curvas de custo das ações menos inclinadas. Algumas considerações adicionais podem clarear o conceito: o leitor já viu que falhas em recursos gargalos têm potenciais de impacto sobre a operação diferente dos não gargalos. Consequentemente, esforços indiscriminados de melhoramento da confiabilidade sem levar essa diferença em consideração diminuiriam aeficiência das ações (investir no aumento da confiabilidade de um não gargalo não necessariamente aumentaria a confiabilidade da operação em sua totalidade). Afirmam também os críticos que as empresas em geral gerem mal seus recursos de manutenção e acabam por superdimensionar os custos das ações de aumento da confiabilidade.
Corrigindo-se os dois aspectos mencionados, a elevação da curva de custodas falhas somada à redução da inclinação da curva e do custo das ações, levaria o ponto de custo mínimo tão a direita que justificaria esforços contínuos da operação no melhoramento da confiabilidade de seus recursos.
De qualquer forma, mesmo sem entrar no mérito de onde realmente estaria localizado o ponto de mínimo custo ou mesmo se a existência desse ponto deve ou não ser considerada, o modeloe as observações aqui feitas poderão ajudar o gestor em suas decisões de planejamento e alocação dos esforços.
TIPOS DE MANUTENÇÃO
Embora os tipos de manutenção tenham sido introduzidos anteriormente nesse capitulo, vale aqui um detalhamento um pouco maior. Os tipos de manutenção adotados são, normalmente, classificados de acordo com a abordagem perante a falha em:
Manutenção corretiva;Manutenção preventiva;
Manutenção preditiva.
Manutenção corretiva: a intervenção é realizada somente após a ocorrência da falha. Normalmente, é utilizada na reparação das falhas inesperadas. No entanto, não obstante o conceito quase universal de que falhas devem ser evitadas, a manutenção corretiva pode e muitas vezes deve ser adotada em situações em que:
os modos de falha não justificam os custosda prevenção: por exemplo, termino de tinta em cartuchos de impressora, aparelhos telefônicos, monitores de vídeo, etc.;
a falha não é previsível: nesses casos não haveria qualquer vantagem na utilização de numa preventiva, por exemplo, pois as probabilidades de falhas permaneceriam iguais antes e depois dela; é o caso, por exemplo, das quebras acidentais ou da queima de fusíveis, ou mesmo daprópria interrupção de fornecimento de energia elétrica.
Como nesses casos não há a prevenção possível, as ações deverão ser focadas na redução dos efeitos e dos custos das falhas:
Procedimentos / comunicação: todos os envolvidos deverão saber o que fazer, a quem comunicar a falha ou a quem solicitar ações de correção ou apoio; a comunicação deverá ser fácil e rápida;
Organização: equipamentos,peças, ferramentas, desenhos, especificações, instruções, números de telefones, contatos, etc. devem ser fácil e rapidamente obtidos; o tempo de procurar coisas consome tempo de reparação e aumenta as perdas;
Padronização: a padronização permite redução dos estoques de reposição, facilita o treinamento e reduz o tempo da correção;
Treinamento: com treinamento, os próprios usuários podem fazerpequenos reparos, sem a intervenção do pessoal da manutenção, por exemplo: troca de filtros, correias, pequenas reparações de maquinas etc.
Manutenção preventiva: aqui, as ações de manutenção têm por objetivo eliminar ou reduzir as probabilidades de falhas.
As ações da manutenção preventiva são focadas em atividades periódicas para a redução da probabilidade de falhas, como consequente eficiência decustos. As áreas que merecem a atenção do gestor são:
- analise critica: comparar o que é especificado com o que seria adequado; pode estar havendo excesso de manutenção somente para cumprir uma especificação ou, ainda, as manutenções podem não estar gerando ganho efetivo de confiabilidade que justifique seus custos;
- procedimentos: deverão ser formais, claros e com todas as informações...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Gestão da Produção e Operações
  • Gestão de produção e operações
  • Gestão de produção e operações
  • Gestão da produção e operações
  • Gestão de `Produção e Operações
  • Gestão de Produção e Operações
  • Gestão de produção e operações
  • Porque gestao estrategica de produçao e operaçoes?

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!