Concepção de Criança

Páginas: 16 (3802 palavras) Publicado: 27 de outubro de 2014
Definições de Concepções de: Criança, Educação Infantil e de Ensino Fundamental.
Concepção de Criança
A criança, como todo ser humano, é um sujeito social e histórico e faz parte de uma organização familiar que está inserida em uma sociedade, com determinada cultura e um determinado momento histórico.  Possui uma natureza singular, que a caracteriza como ser que sente e pensa o mundo de umjeito muito próprio precisando ser compreendido e respeitado. (Amaral, 2010).
A criança é um ser lúdico que faz suas próprias construções através do brincar, do encenar, do estabelecimento de vínculos afetivos e de situações prazerosas que a auxiliam na construção e na reorganização de suas ideias e sentimentos sobre o mundo, as pessoas e sobre si mesma. (Corsaro,1997).
Ela amplia o conceito demundo através da estimulação de suas habilidades, de desafios propostos, partindo do pressuposto de que já existe nela uma capacidade de adquirir o conhecimento, ou seja, que ela é um sujeito participativo e interativo na construção do conhecimento e de seu processo de desenvolvimento.
Segundo Corsaro (1997, p. 5), “as crianças são agentes ativos que constroem suas próprias culturas e contribuempara a produção do mundo adulto”. Mais que imitação, suas produções são singulares e inovadoras. Considerá-las como sujeitos ativos e produtores de cultura são destacar a imprescindibilidade de construir currículos que contemplem a produção simbólica das crianças e a “constituição das suas representações e crenças em sistemas organizados, isto é, em culturas" (PINTO E SARMENTO, 1997, p. 20).Entender a infância como categoria geracional possibilita perceber o que separa e o que une as crianças dos adultos, assim como o processo em que as “variações dinâmicas que nas relações entre crianças e, entre crianças e adultos, vai sendo historicamente produzido e elaborado”, já que um dos componentes importantes da cultura infantil é a interação. A interação é uma necessidade e um desejo que acriança vivencia com outras crianças da mesma geração, definida esta por Karl Mannheim apud Sarmento, como grupo de pessoas nascidas na mesma época, que viveu os mesmos acontecimentos sociais durante a sua formação e crescimento e que partilha a mesma experiência histórica, sendo esta significativa para todo o grupo, originando uma consciência comum, que permanece ao longo do respectivo curso devida. (SARMENTO, 2004).
A interação social torna-se o “espaço de constituição e desenvolvimento da consciência do ser humano desde que nasce”. O encontro com os outros dá significado ao que a criança vai aprendendo do mundo. Sua aprendizagem vai depender das experiências de interações que estabelece. Vygotski chama a interação social de situação social de desenvolvimento, para afirmar que a relaçãoestabelecida entre a criança e o meio que a rodeia é única e irrepetível em qualquer momento do seu desenvolvimento. (VYGOTSKI, 1991).
Segundo Moro (2009, p. 109), “para ele, todas as mudanças que se processarão no desenvolvimento da criança durante uma determinada idade têm relação com esta situação social de desenvolvimento”. 
Concepção de Educação Infantil
As instituições de educação para ascrianças entre 0 e 6 anos de idade começam a se esboçar no final do século XVIII, propagando-se por meio de uma circulação de pessoas e ideias que precisa ainda ser melhor pesquisada. Criadas para atender as crianças pobres e as mães trabalhadoras, desde o início se apresentaram como primordialmente educacionais. A escola de principiantes ou escola de tricotar, criada por Oberlin em 1769, sendoreconhecida como a primeira delas. De acordo com os seus objetivos, ali a criança deveria: perder os maus hábitos; adquirir hábitos de obediência, sinceridade, bondade, ordem, etc.; conhecer as letras minúsculas; soletrar; pronunciar bem as palavras e sílabas difíceis; conhecer a denominação francesa correta das coisas que lhe mostram e adquirir as primeiras noções de moral e religião. A iniciativa...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • concepção da criança
  • Concepçao criança
  • concepção de criança
  • A concepção de criança segundo a filosofia
  • CONCEPÇÃO DE CRIANÇA NA ATUALIDADE
  • concepção de criança, infância e linguagens
  • PEDAGOGIA CONCEPÇÃO DE INFÂNCIA E DA CRIANÇA
  • concepçao de criança e conhecimento para comenius e ruy

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!