CONCEITOS FUNDAMENTAIS

Páginas: 24 (5942 palavras) Publicado: 16 de outubro de 2014
artigos10_vol1_01

7/2/04

11:40

Page 63

A GRANDEZA QUANTIDADE DE MATÉRIA E SUA
UNIDADE, O MOL: ALGUMAS CONSIDERAÇÕES
SOBRE DIFICULDADES DE ENSINO E APRENDIZAGEM
The amount of substance and its unit, the mol: some considerations
on the difficulties of teaching and learning
James Rogado1
Resumo: O presente artigo trata de algumas questões que podem constituir-se em dificuldadespara a
compreensão dos conceitos de quantidade de matéria e de mol pelos estudantes de Química. Busca
ainda resgatar, em termos históricos, a origem do conceito de quantidade de matéria, apresentando o
contexto em que este surge em interação com outros conceitos, reiterando a necessidade de que haja
uma compreensão por parte de professores e alunos dos conceitos científicos em amplo espectro,não
limitados apenas a definições.
Unitermos: quantidade de matéria e mol; ensino-aprendizagem de conceitos científicos; dificuldades
epistemológicas; história da Ciência.
Abstract: The present paper deals with some questions that can cause difficulties for the understanding of the
concepts of amount of substance and the mol by Chemistry students. The paper also seeks to investigate,historically, the origin of the concept of amount of substance, presenting the context in which this concept
occurs in interaction with other concepts, stressing the need for teachers and pupils to understand the
scientific concepts thoroughly, not being limited only to definitions.
Keywords: amount of substance and mol; teach-learning of scientific concepts; epistemological difficulties;
history ofScience.

Introdução
A educação científica contemporânea mais e mais está requerendo de seus educadores, em especial da área de Ciências, uma superação de seus modelos de ensino e aprendizagem calcados em particular em abordagens empiricistas e/ou no racionalismo técnico-científico para outros em que se considerem os aprendizes e a própria educação escolar inseridos em
um âmbito social esocializador mais amplo.
GIL-PÉREZ e CARVALHO (1998) enfatizam que, se ensinar não é uma atividade rotineira e estática, bem como uma tarefa fácil, é passível de se concluir que se faz necessário que
o professor detenha teorias para ser capaz de elaborar análises e reflexões sobre sua prática,
além de compreender como o aluno aprende. Entendem os autores que o professor ainda não
tem consciênciade suas insuficiências, achando que o importante é saber somente a matéria
a ser ensinada e algumas atividades a serem executadas pelos alunos, tornando-se assim um
transmissor de conhecimentos. Saber o conteúdo a ser ensinado é muito mais do que se aprende no curso universitário. É preciso que o professor compreenda como surgiram os acontecimentos científicos, as dificuldades encontradas, quebenefícios trouxeram para a sociedade, e
que ele esteja sempre disposto a se atualizar. Se ensinar não é fácil, os professores de Ciências
1
Núcleo de Educação em Ciências da Faculdade de Ciências Matemáticas, da Natureza e Tecnologia da Informação da
Universidade Metodista de Piracicaba, no estado de São Paulo. E-mail: jrogado@unimep.br.

63
Ciência & Educação, v. 10, n. 1, p. 63-73, 2004 artigos10_vol1_01

7/2/04

11:40

Page 64

James Rogado
têm que ter clareza sobre os problemas de ensino-aprendizagem que podem estar constituindo-se em obstáculos para uma atividade docente inovadora e/ou de mudança.
A mediação pedagógica também deve ser considerada necessária nesse processo
para que haja uma aprendizagem significativa pelos alunos. Ausente a perspectivapedagógica, o professor não saberá mediar adequadamente a significação dos conceitos, com prejuízos sérios para a compreensão de seus aprendizes (MALDANER, 2000). Grande parte das instituições de formação de professores tem-se em geral apoiado no modelo da racionalidade
técnica, modelo este que estabelece uma clara hierarquia entre o conhecimento científico
básico e as derivações técnicas da prática...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Conceitos fundamentais
  • Conceitos fundamentais
  • Conceitos fundamentais
  • Conceitos fundamentais
  • Conceitos Fundamentais
  • Conceitos Fundamentais
  • Conceitos Fundamentais da economia
  • Mec Nica Conceitos Fundamentais

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!