Comunicação politica

Páginas: 6 (1423 palavras) Publicado: 12 de agosto de 2012
Desde os primórdios a necessidade de comunicar-se se faz como uma das características antropológicas da humanidade, onde entendemos a comunicação como possibilidades de construção de conhecimentos acumulativos ao longo da historicidade das culturas e das sociedades. A comunicação surge com os signos, expressados de diversas formas a partir do modo e da utilização técnica, de como nos comunicamos,por exemplo, as pinturas rupestres, que podemos considerar como umas das primeiras formas de mídia, além de ser também uma manifestação artística.
O modo de apropriação técnica de como nos comunicamos foi transformando se de acordo com as necessidades criadas em diferentes tempos e espaços, os quais correspondem ao que queremos dizer na construção de significados simbólicos, representativos ealegóricos.
Diante das teorias sociológicas sobre a comunicação e mídia o autor Éric Maigret explicita uma critica direcionada a elas por uma analise através da Teoria Crítica e da psicologia lazarsfeldiana, que são colocadas como premissas da relação entre a comunicação, à mídia e o receptor.
O desenvolvimento dos efeitos da mídia, segundo ele, é explicitado desde a antiguidade grega “ARepublica” de Platão (p. 79), referindo se a Socrátes como salvador da pólis das garras dos sofistas, faz também referencia aos romances folhetins do século XIX, o surgimento do rádio como artificio de exaltação do poder do Nazismo na Alemanha, o surgimento das histórias em quadrinhos nos anos 1950, para a comunicação para os jovens, o surgimento da televisão, cinema, games e internet, como sendo todosmomentos da história da comunicação em que os efeitos mediáticos são temíveis por aqueles que a manipulam e por aqueles que são manipulados.
Com a difusão das propagandas principalmente utilizados na Segunda Grande Guerra, por Adolf Hitler, a sua ascensão ao poder, que se deve a elas persuadir “os meios rurais protestantes, porque não se sentiam representados pelos partidos políticosinstalados” (p.81). Os indivíduos que não se viam representados no contexto e processo politico do Estado alemão, legitimaram o poder politico persuasivo de Hitler na sua ideologia nazista.
Propaganda passa a ser segundo Maigret:

“A propaganda existe, sim, na intenção do emissor, que deseja afogar toda resistência, influenciar, impor. Mas ela não permite compreender os atos do receptor, que dispõe decapacidade de fuga e de contradição. Ademais, a propaganda pode “dar certo” porque entra em ressonância com as expectativas de populações as quais se dirige. Ainda que às vezes seja difícil admitir, a ressurgência da extrema direita na França durante os anos 1980 não é o produto de uma propaganda que teria influenciado os mais fracos, mas a união entre expectativas, múltiplas, não necessariamentexenófobas, mas bem reais, e discursos.” (MAIGRET, p.83).

Tem se então a propaganda como uma construção convencível de argumentos ideológicos representando interesses de pessoas que dominam a utilização de propagandas para fins.
Onde podemos buscar compreender as ideias de Lasswell, referente aos estímulos produzidos pelas mídias em si:
“O público condicionado, passivo, responde por reflexose reações automáticas a estimulações diversas, quando não é movido por forças inconscientes (ego, afeto, etc). A tese do condicionamento dos comportamentos, enunciada pelos fisiologistas russos Ivan P. Pavlov e Vladimir M. Bekhterev, é extrapolada do domínio animal para o domínio humano enquanto se impõe o behaviorismo do americano John B. Watson, que recomenda a utilização de procedimentosexperimentais para estuda os mecanismos psíquicos, captados ao meio ambiente. Todas as formas complexas de vida-emoções, hábitos, etc. - são o produto de elementos musculares e glandulares simples, observáveis e mensuráveis”.( MAIGRET, E. p.89).

A partir desses estímulos, outras correntes opostas criticam o reducionismo resumista em relação com o mundo, sendo que as percepções não seriam objetivas,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Comunicação Política e Comunicação Pública
  • Mídia e Comunicação
  • Politica de comunicação
  • Politica de Comunicação
  • Politica de comunicação
  • Comunicação Política
  • Política da comunicação
  • Política e Comunicação

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!