Comunicação entre processos

Páginas: 7 (1703 palavras) Publicado: 1 de outubro de 2012
FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA MATER CHRISTI
SISTEMAS DE INFORMAÇÃO
4º PERÍODO
DOUGLAS DOS SANTOS MONTEIRO

Comunicação entre Processos
Frequentemente processos precisão se comunicar com outros. Por exemplo, em um pipeline do interpretador de comandos, a saída do primeiro processo deve ser passada para o segundo, e isso prossegue até o finam da linha de comando. Assim, há umanecessidade de comunicação entre os processos que deve ocorrer, de preferência, de um amaneira bem estruturada e sem interrupções. Em alguns sistemas operacionais, os processos que trabalham juntos podem compartilhar algum armazenamento comum, a partir do qual cada um seja capaz de ler e escrever. O armazenamento compartilhado pode estar na memória principal (possivelmente em uma estrutura de dados donúcleo) ou em um arquivo compartilhado; o local da memória compartilhada não altera a natureza da comunicação ou dos problemas que surgem. Situações nas quais dois processos ou mais processos estão lendo ou escrevendo algum dado compartilhado e cujo resultado final depende de quem executa precisamente e quando são chamadas de condições de corrida (race condition). Precisamos de exclusão mútua (mutualexclusion), isto é, algum modo de assegurar que os processos sejam impedidos de usar uma variável importante tópico de ou um arquivo.
A escolha das operações primitivas adequadas para realizar a exclusão mútua é um projeto de qualquer sistema operacional. Durante uma parte do tempo, um processo está ocupado fazendo computações internas e outras coisas que não levam condições dedisputa. Contudo, algumas vezes um processo precisa ter acesso á memória ou a arquivos compartilhados ou tem de fazer outras coisas importantes que podem ocasionar disputas. Aquela parte do programa em que há acesso à memória compartilhada é chamada de região crítica ou seção crítica. Precisamos satisfazer quatro condições para chegar a um boa solução: Dois processos nunca podem esta simultaneamenteem suas regiões críticas; Nada pode ser afirmado sobre a velocidade ou sobre o número de CPUs; Nenhum processo executando fora de sua região crítica pode bloquear outros processos; Nenhum processo deve esperar eternamente para entrar em sua região crítica.
Em um sistema de processador único, a solução mais simples é aquela em que cada processo desabilita todas as interrupções logo depois deentrar em sua região crítica e as reabilita imediatamente antes de sair dela. Com as interrupções desabilitadas não pode ocorrer nenhuma interrupção de relógio. Como uma segunda tentativa, busquemos uma solução de software. Considere que haja uma única variável compartilhada (trava/lock), inicialmente contendo o valor 0. Para entrar em sua região crítica, um processo testa antes se há trava,verificando o valor de variável trava. Se trava for 0, o processo altera essa variável para 1 e entra na região crítica. Se a trava já estiver com o valor 1, o processo simplesmente aguardará até que ela se torne 0. Um terceiro modo de lidar com o problema da execução são mútua, é o chaveamento obrigatório, a variável turn, inicialmente 0, serve para controlar a vez de quem entra na região crítica everifica ou atualiza a memória compartilhada. Inicialmente o processo inspeciona a variável turn, encontra lá o valor 0 e entra em sua região crítica. A espera ociosa deveria em geral ser evitada, já que gasta tempo de CPU. Somente quando há uma expectativa razoável de que a espera seja breve é que ela é usada. Uma variável de trava que usa a espera ociosa é chamada de trava giratória (spin lock).Solução de Peterson, antes de usar as variáveis compartilhadas (ou seja, antes de entra em sua região crítica), cada processo chama enter_region com seu próprio número de processo, 0 ou 1, como parâmetro. Essa chamada fará com que ele fique esperando, se necessário, até que seja seguro entrar. Depois que terminou de usar as variáveis compartilhadas, o processo chama leave_region para indicar seu...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Processo de comunicação e comunicação institucional
  • o processo de comunicacao
  • processo de comunicacao
  • Comunicação entre processos
  • Processo de comunicação
  • O processo de comunicação
  • Processo da comunicaçaõ
  • Processo de Comunicação

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!