Complicações fetais

Páginas: 15 (3526 palavras) Publicado: 9 de maio de 2011
INTRODUÇÃO

No decorrer da gestação a célula resultante da fecundação de um óvulo desenvolveu-se na estrutura complexa de um feto, pronto para iniciar sua vida como um ser independente.
A gestação é um fenômeno fisiológico e seu desenvolvimento se dá, na maioria dos episódios, sem apresentar anormalidades. Embora exista uma parcela de gestantes que por apresentarem característicasespecificas ou por sofrerem algum agravo apresenta maiores expectativas de evolução desfavorável, tanto para o feto quanto para a mãe. Essa parcela compõe o grupo chamado de “gestantes de alto risco”.
Por gestação de alto risco entende-se como sendo aquela na qual a vida ou a saúde da mãe e/ou do feto tem maiores chances de ser atingida por complicações que a média das gestações. (Manual Técnico - Gestaçãode Alto Risco- Saúde da Mulher- SPS/MS-2000).
Apresentarei algumas complicações que podem ocorrer durante a gestação como: Isoimunização materno fetal, Macrossomia Fetal, Crescimento intra-uterino restrito.

1 CRESCIMENTO INTRA-UTERINO RESTRITO

Atualmente o termo crescimento fetal restrito tem sido mais utilizado, visto que a palavra retardado causava uma impressão errada aos pais, quepensavam ser a patologia ligada à função mental (REZENDE, 2006).
A definição mais antiga considerava pequeno para idade gestacional (PIG) recém-natos (RN) abaixo do percentil 10, porém observou-se que 25 a 60 % dos recém-natos PIG apresentavam crescimento adequado quando se consideravam fatores como raça, paridade, peso e altura maternos. A última definição apresentada pela literatura parece serclinicamente mais significante e considera com crescimento intra-uterino retardado (CIUR) aqueles RNs que apresentam peso abaixo do 3º percentil. Esta definição ainda não foi plenamente adotada (ZUGAIB, 2008).
Tabela 1 – peso em gramas por percentil
Semanas 5º percentil 10º percentil 50º percentil 90º percentil 95º percentil
20 249 275 412 772 912
21 280 314 433 790 957
22 330 376 496 826 102323 385 440 582 882 1107
24 435 498 674 977 1223
25 480 558 779 1138 1397
26 529 625 899 1362 1640
27 591 702 1035 1635 1927
28 670 798 1196 1977 2237
29 772 925 1394 2361 2553
30 910 1085 1637 2710 2847
31 1088 1278 1918 2986 3108
32 1294 1495 2203 3200 3338
33 1513 1725 2458 3370 3536
34 1735 1950 2667 3502 3697
35 1950 2159 2831 3596 3812
36 2156 2354 2974 3668 3888
37 2357 25413117 3755 3956
38 2543 2714 3263 3867 4027
39 2685 2852 3400 3980 4107
40 2761 2929 3495 4060 4185
41 2777 2948 3527 4094 4217
42 2764 2935 3522 4098 4213
(fonte: ZUGAIB, 2008).

O crescimento fetal é dividido em três fases.
Na primeira fase predomina o crescimento do número de células(hiperplasia) e vai da concepção ao início do segundo trimestre.
A segunda fase é um período de hiperplasia e hipertrofia celular.
Na terceira fase, que se inicia por volta de trinta e duas semanas, predomina a hipertrofia celular, responsável pelo aumento do tamanho celular e depósito de gorduras, e o peso fetal pode crescer duzentos gramas por semana (ZUGAIB, 2008).

2 CIUR SIMÉTRICO

O CIURsimétrico é caracterizado pela redução proporcional do crescimento da cabeça e do abdome fetal, causado por fatores que agem precocemente na gravidez provocando diminuição da multiplicação e crescimento celular (REZENDE, 2006).

3 CIUR ASSIMÉTRICO
O CIUR assimétrico é resultante da ação de fatores que atuam mais tardiamente na gravidez, afetando o crescimento celular e o depósito de gorduras,levando a uma redução da circunferência abdominal com circunferência cefálica normal. A redução do abdome também é explicada pela diminuição do fígado, conseqüente à diminuição do aporte de glicose por insuficiência placentária (REZENDE, 2006).

A insuficiência placentária leva ao fenômeno de centralização fetal, que consiste na manutenção de oxigenação e nutrição do sistema nervoso central...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Sus e suas complicações
  • Complicações da dm
  • Complicações Mentais
  • Complicações pulmonares
  • Vitalidade fetal
  • Circulação fetal
  • Eritroblastose fetal
  • eritoblastose fetal

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!