COMPLEXIDADE E ORGANIZAÇÕES EM BUSCA DA GESTÃO AUTÔNOMA

Páginas: 5 (1117 palavras) Publicado: 8 de junho de 2014
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
CURSO: MESTRADO
DISCIPLINA: PLANEJAMENTO EMPRESARIAL
PROFESSOR: Dr. JOSÉ BERNARDO CORDEIRO FILHO
ALUNO: PEDRO VIANA CUNHA
DATA: 22/10/2013





COMPLEXIDADE E ORGANIZAÇÕES: EM BUSCA DA GESTÃO AUTÔNOMA.








Salvador
2013

Pedro Viana Cunha






COMPLEXIDADE E ORGANIZAÇÕES: EM BUSCA DA GESTÃO AUTÔNOMA






Resenha apresentadoao Curso de
Mestrado de Ciências Contábeis, da Universidade Federal da Bahia. Como requisito parcial para avaliação do Professor Orientador: drº. José Bernardo Cordeiro Filho.



Salvador
2013


AGOSTINHO, M. C. E. COMPLEXIDADE E ORGANIZAÇÕES: em busca da gestão autônoma. Rio de Janeiro: Atlas, 2003. V. 1. 142p.

O livro Complexidade e Organizações: em busca da gestão autônoma, escritopor Márcia Esteves Agostinho, traz uma visão surpreendente sobre a teoria da complexidade aplicada em organizações. A partir de uma análise sucinta e muito bem elaborada do que é chamada de “gestão autônoma”, a autora demonstra um estudo de caso de uma fábrica de Águas Claras desde o período de implantação da mesma, até os resultados colhidos.
A abordagem gerencial construída por Márcia Estevesé baseada em sistemas que se auto-organizam, ou seja, sistemas complexos adaptativos. Foi-se utilizado um grande referencial teórico para a abordagem do tema proposto, sendo aplicada de forma pormenorizada, a teoria organizacional de Herbert Simons e de vários acadêmicos da escola sócio técnica.
Com o intuito de fomentar e abrir o caminho para a discussão de como funciona um sistema complexoadaptativo organizacional, é exposta à evolução da complexidade em diferentes vertentes, seja no mundo físico, biológico (citando Charles Darwin) e no mundo cultural (através de “memes”). Os sistemas complexos são extremamente dinâmicos que induzem à auto-organização e ao autoaprendizado, diferindo de sistemas estáticos e deterministas até então expostos na literatura tradicional e que fazem parte dacabeceira de muitos administradores.
Para que a “Gestão Autônoma” aconteça e que se reconheça um sistema complexo adaptativo, foram elencados quatro conceitos chaves dentro da abordagem feita pela autora: autonomia, cooperação, agregação e auto - organização. O principal objetivo dessas denominações é demonstrar que uma ação individual, por menor que seja mesmo motivada por fins pessoais, possui acapacidade de levar o sistema a um estágio de auto – organização, por mais paradoxal que esta hipótese pareça.
A observação feita com base no exemplo de Águas Claras, no que diz respeito à autonomia, foi verificada na ação de equipes autônomas e na quebra de paradigmas baseadas na gestão clássica, como por exemplo, para que a empresa tivesse os resultados desejados, cada especialista deve ser umaspecto determinante para assuntos de natureza da sua área, aqui o que se prega é a mudança deste direcionamento, o que acaba por reduzir os símbolos de status criados dentro da empresa, como por exemplo, entre operadores e gerente geral.
A gestão autônoma promovida na indústria de Águas Claras criou um sistema denominado “ESTRELA”, que é um canal direto de comunicação diária onde todos osfuncionários independentes de serem operadores, supervisores ou gerentes, adquiriram conhecimentos que antes não eram vistos como importantes em suas determinadas funções na organização. Medidas foram criadas como a “estrutura mínima”, por exemplo, para que o sistema se estabelecesse. Outro aspecto importante diz respeito ao modo como são feitas as reuniões, sempre sem pré-marcação e com todos osfuncionários misturados entre si, independentemente do cargo que ocupa.
Pode-se afirmar que a cooperação é uma das condições para que a gestão autônoma se desenvolva no estudo de caso por ora estudado, foi verificada através de relatos de funcionários a cooperação entre eles, mesmo que pertencessem a áreas distintas sempre estavam discutindo e buscando soluções conjuntamente, a partir deste...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Gestão da Complexidade
  • Gestão da complexidade
  • Gestao da Complexidade
  • Caos e complexidade nas organizações
  • Caos e Complexidade nas Organizações
  • Em busca da inovação nas organizações
  • Gestão das organizações
  • gestão das organizações

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!