Como construir bons argumentos

Páginas: 6 (1292 palavras) Publicado: 16 de maio de 2014
Como construir bons argumentos?...
Escrever um bom argumento...
 “1ª regra: o primeiro passo para redigirmos um argumento é perguntarmos: o que desejamos provar? Qual a conclusão? É preciso não esquecer que a conclusão é a afirmação para a qual estamos a fornecer razões. As afirmações que fornecem razões chamam-se premissas. Estas reconhecem-se num texto, a partir de expressões como: pois,dado que, visto que, já que, porque, entre outras. No entanto, nem sempre estes indicadores podem estar presentes de uma forma explícita, pelo que, o trabalho interpretativo não é de forma alguma simples.

2ª regra: Os argumentos curtos escrevem-se normalmente em um ou dois parágrafos. Coloque a conclusão primeiro, seguida das suas razões, ou apresente as suas premissas primeiro e retire aconclusão no fim. Em qualquer dos casos, apresente as suas ideias pela ordem que mais naturalmente revele o seu raciocínio.
De forma a identificarmos mais facilmente a conclusão, utilizam-se expressões como: logo, assim, assim sendo, deste modo, portanto, consequentemente, por isso, etc.
 
Adaptado de Anthony Weston, A Arte de Argumentar, Ed. Gradiva, Lx, 1996, pp.19-21.
 
Agora que já sabemos no queé que consiste a argumentação vamos passar ao trabalho filosófico. Assim, se queremos de facto aprender a fazer filosofia, não só temos que argumentar, como também temos que saber avaliar/interpretar os argumentos de outros filósofos. Ora, isso passa, inevitavelmente, pela interpretação de textos filosóficos. Para que possamos compreender um texto temos que proceder de uma forma metodológica, temosque saber identificar o assunto,perceber a tese principal do texto, identificar os argumentos que sustentam a tese, identificar os contra-argumentos,verificar a coerência ou não dos argumentos e saber identificar a conclusão.
 
O Assunto
 
Depois de uma leitura atenta do texto há que identificar de que fala o texto, qual o tema que é nele tratado?
 
A Tese/Teoria
 
Este é o momento em queo filósofo se pronuncia sobre qual das hipóteses de resposta ao problema lhe parece a verdadeira ou, pelo menos, a mais coerente e provável.  Com efeito, em Filosofia não existem verdades absolutas, pois o seu domínio não se restringe à pura demonstração, onde a partir de premissas, segundo regras puramente formais, se deduzem conclusões. A Filosofia assenta fundamentalmente na argumentação nãoformal, isto é, na apresentação de razões a favor ou contra uma determinada tese.
 
 
Argumento/Argumentação
 
Depois de colocado de forma clara e rigorosa o problema a abordar e de ser apresentada a tese sobre esse problema, segue-se a tarefa mais especificamente filosófica, a exposição de argumentos.

A argumentação consiste na apresentação de razões estruturadas e coerentes que apoiem asnossas teses sobre determinado problema filosófico.

É certo que toda a gente tem opiniões, mas relativamente poucas se dão ao trabalho de analisar cuidadosamente o problema, conhecer os termos em que se põe, as diferentes teorias propostas como resposta a ele e, acima de tudo, de conhecer e compreender os argumentos que estão subjacentes a essas teorias; de ser capaz de os discutir, de lhescontrapor objeções, enfim, de refletir de uma maneira realmente filosófica, indo ao fundo das questões, explorando as razões de cada parte e formando, com base nisso, uma posição independente e informada.
 
Distinção entre validade/forma e verdade/conteúdo
 
Para analisarmos cuidadosamente um argumento, isto é, para verificarmos se o mesmo é ou não coerente, bom ou mau, uma vez que não existemverdades absolutas na filosofia, temos que saber analisá-lo.
 
Assim, dado um determinado argumento temos que o avaliar. Como é que avaliamos a validade/ valor de um argumento?
 
1º Verificamos se as suas premissas/proposições são verdadeiras – verificamos o conteúdo das premissas.

Por exemplo:       Bucareste é a capital da Roménia.
                            Os cães são mamíferos.
 ...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Tudo o que você queria saber sobre como construir um bom texto sem se estressar
  • QUINZE BONS ARGUMENTOS CONTRA A GEOGRAFIA TEORÉTICA; QUATORZE CONTRA-ARGUMENTOS MELHORES AINDA (OU QUANDO O...
  • Argumento
  • ARGUMENTO
  • Argumentos
  • Argumentos
  • Argumentos
  • Argumentos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!