Como as redes variam

Páginas: 11 (2589 palavras) Publicado: 13 de junho de 2013
Introdução

Aprendemos que o princípio básico da análise das redes é que a estrutura das relações sociais determina os conteúdos dessas relações. Na análise das redes, três áreas merecem atenção:

- os efeitos da centralidade do agente sobre o comportamento (pessoas/empresas)

- a identificação de subgrupos das redes

-a natureza de suas relações

Quando falamos em centralidade do agente, nosreferimos às conexões de atores indiretamente a outros da rede através de um nó central. Isto permite que tenhamos uma visão mais clara sobre o efeito da centralidade. O ator central geralmente é considerado o coordenador das trocas de informações já que é através dele que isso é possível, sem contar o seu poder de influenciar os demais em razão de sua posição de domínio.

Mizruchi sugere que osagentes estruturalmente equivalentes tendem a apresentar comportamentos semelhantes, pois estão sujeitos às mesmas influências por sofrerem influências de agentes em comum, dando origem aos subgrupos. Esses subgrupos além de se interligarem entre si direta e indiretamente tem ainda a possibilidade de estarem ligados a um nó central ou a outros subgrupos.

O capítulo escolhido irá demonstrar o como asredes variam entre si, quais os tipos de redes pessoais e os tipos de sociabilidade existentes em uma situação de pobreza em São Paulo.

Para se realizar este trabalho, foi feito uma coleta associada a um sistema de entrevistas, levando se em consideração um estudo sobre as redes de parentesco de seus entrevistados, moradia, capital social e formação educacional, entre outros, para uma posterioranálise em sociogramas.

Sociogramas são modos de representação de uma rede social. Geralmente essa representação é feita através de um grafo, onde os nós são os atores (indivíduos, instituições e grupos) que são representados pelos pontos e as conexões são as linhas, que representam as interações construídas entre os atores. Iremos ver também nos sociogramas termos como esferas e contextos.Entendemos por esfera o

O foco do estudo foi direcionado para uma comunidade pobre, sem recursos, para assim, dentro deste universo classificar suas redes e seus tipos de sociabilidade.





















Como as redes Variam?

Tipos de Redes e Tipos de Sociabilidade


As redes de indivíduos em situação de pobreza variam muito entre si. O que facilita essa variação é a influência sofrida pordiversos atributos sociais, o que torna bastante difícil uma caracterização única e direta das redes destes indivíduos.

O capítulo escolhido é dividido em três seções. Na primeira, a diversidade das redes é explorada elaborando uma tipologia a partir de indicadores e medidas retiradas das redes individualmente. Num segundo momento, o mesmo é feito com a sociabilidade, a fim de se determinar os tipos desociabilidade existentes. Por último é feito um cruzamento das duas tipologias, de modo a especificar os tipos de padrões de relacionamento presentes nas redes de indivíduos em situação de pobreza, assim como as condições da sua presença.

Os tipos de redes

A partir de um estudo baseado em indicadores sociais, vemos que as redes são bastante diferentes entre si. Para se analisar estavariabilidade, o autor utilizou indicadores que demonstram o tamanho, a coesão, a conectividade, a formação de grupos, a atividade racional, a estrutura da rede egocentrada, a variabilidade da sociedade e o localismo. Os casos analisados por estes indicadores foram submetidos a uma análise de agrupamentos que resultaram em cinco tipos de redes.

Abaixo temos um gráfico que demonstra de uma forma sucinta asdiferenças encontradas entre as redes a partir de três dimensões – tamanho, localismo e variabilidade da sociabilidade, medidos respectivamente pelo numero de nós (no primeiro eixo das ordenadas), pela proporção de indivíduos externos a área (no segundo eixo das ordenadas) e pelo numero médio de esferas de sociabilidade (indicado diretamente no gráfico).

[pic]

Os tipos de redes mais freqüentes...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Devemos entender e aceitar que as Línguas variam
  • Redes
  • Redes
  • Redes
  • Redes
  • Redes
  • Redes
  • Redes

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!