Combatendo os quilinhos extras

Páginas: 5 (1162 palavras) Publicado: 15 de maio de 2014
Combatendo os quilinhos extras: como perder peso de forma saudável e transformar a balança em uma aliada?
Hoje, a obesidade ou sobrepeso é vista como uma doença que atinge cada vez mais pessoas. Este aumento em sua incidência é preocupante, já que é um quadro potencial para o desenvolvimento de outras patologias como diabetes, hipertensão e insuficiências respiratórias. Isso sem falar no efeitodevastador que uns quilinhos a mais podem causar na nossa autoestima, já que é uma doença que desencadeia um verdadeiro ciclo: você se sente mais gorda, logo, com menos disposição, o que leva ao abandono da prática de exercícios físicos e a utilização da comida como compensação para as frustações do dia a dia.
Se você se identificou com o quadro descrito, é hora de dar um basta nesta situação:qualquer um é capaz de emagrecer com saúde, porém, não é fácil e nem um processo rápido; além disso, requer força de vontade, foco, determinação e, se possível, orientação e acompanhamento de um profissional nutricionista.
Para começar a falar sobre o assunto, vamos abordar o conceito de saciedade, que é a sensação que se opõe à da fome e é dependente de um estímulo provocado pelo centro inibidordo apetite, região do hipotálamo responsável por mandar ao corpo a mensagem que precisamos comer ou não. Os alimentos possuem características que ajudam a prolongar a sensação de saciedade no organismo, o que é um trunfo para quem quer perder uns quilinhos.
Em sua forma líquida ou sólida, os de fácil desagregação e absorção mais rápida pelo organismo têm um menor tempo de esvaziamento gástrico,ou seja, passam do estômago ao intestino em um intervalo de tempo menor em relação aos mais difíceis de dissociarem ou que têm um tempo de absorção prolongado. Um bom exemplo são os carboidratos de baixo índice glicêmico, como os pães e massas de farinha branca, que saciam menos do que os de alto índice glicêmico como os cereais integrais.
Outro ponto que merece destaque quanto àscaracterísticas dos alimentos e a influência destas na sensação de saciedade é a temperatura: quanto mais quente, maior é o tempo que demoram para percorrer o trato gastrointestinal, portanto, a temperatura elevada pode ser uma estratégia para prolongar o tempo de saciedade. Além disso, o fracionamento dos alimentos, ou seja, a criação do hábito de comer várias vezes em quantidades menores durante o dia tambémé uma técnica eficaz para quem quer emagrecer.
Não adianta: nada melhor do que a conhecida matemática para explicar como é possível emagrecer com saúde. Para que os quilos extras comecem a desaparecer, é preciso que o seu corpo gere um déficit calórico diário, logo, a quantidade de calorias ingeridas ao longo do dia deve ser menor do que a gasta. Esta receita, repetida ao longo de dias, meses eanos reeducam o seu corpo, provocando a perda de peso sem precisar recorrer às dietas restritivas, que podem trazer resultados rápidos, mas não são sustentáveis ao longo do tempo, além de poderem provocar sintomas como a fadiga, apatia e anorexia, como é o caso de possíveis consequências da “dieta da proteína”.
Uma forte aliada para quem busca o emagrecimento é a inclusão do aumento de fibras nadieta. Existem dois tipos: solúveis e insolúveis. As primeiras são a pectina, gomas e mucilagens e têm a capacidade de formar substâncias semelhantes a géis no organismo que, por sua vez, unem-se a produtos como toxinas e colesterol, facilitando a eliminação destes. Algumas fontes alimentares das fibras solúveis são frutas, hortaliças, legumes e aveia. Já as insolúveis são a celulose, lignina ealgumas hemiceluloses, que permanecem intactas durante a digestão e podem ser encontradas no farelo de trigo, cereais e produtos integrais, frutas e hortaliças.
Para quem quer emagrecer com saúde e acabar de uma vez por todas com os quilinhos extras, aí vão algumas dicas para serem incorporadas ao seu dia a dia:
1 – Se você toma leite, opte pelo desnatado, sendo uma estratégia a substituição...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • extra esta
  • combatendo o racismo
  • extra
  • EXTRA O
  • Extra
  • extra
  • Extra
  • Combatendo a dengue

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!