CIENCIAS

Páginas: 10 (2322 palavras) Publicado: 19 de outubro de 2014
Choque hipovolêmico
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
O choque hipovolêmico também chamado choque hemorrágico, é a principal causa de morte de vítimaspolitraumatizadas(acidentes, quedas,etc), é ocasionado por uma diminuição do fluxo sanguíneo proporcionando uma perfusão tecidual diminuída e lesão celular irreversível, isto pode levar a falência do sistema circulatório. Ele pode terorigem por uma desidratação, queimaduras e por severas perdas sanguíneas. Sendo necessária a instalação adequada de medidas de reposição de volume para corrigir o quadro clínico.
Índice
1 Histórico
2 Definição
3 Outro tipos de Choque hemodinâmico
4 Fisiopatologia
5 Estágios do choque hemorrágico
6 Diagnóstico
7 Soluções usadas no tratamento
8 Referências
Histórico
O choque foi descrito pelaprimeira vez pelo médico francês Henri François Lê Dran, em 1743, onde o denominou de “choc” que significa parada em decorrência de colapso agudo do sistema cardiovascular após trauma grave. No mesmo ano Sparrow introduziu o termo na literatura médica inglesa após a tradução da obra francesa, o qual o chamou de “shoc”. Guthrie em 1815 utilizou a palavra choque para caracterizar a instabilidadefisiológica. Somente em 1891 foi registrado introdução de soluções salinas por via endovenosa para tratamento do choque hemorrágico. As primeiras observações clínicas surgiram no período da primeira guerra mundial (1914-1918) quando Cannon e Bayliss levaram grupo de fisiologistas para o campo de batalhas. Com base nos achados dos campos de batalha os pesquisadores conseguiram reproduzir o quadro emmodelos experimentais nos laboratórios de fisiologia e bioquímica. Após vários trabalhos concluiu-se que a hipovolêmica causava má circulação periférica e anoxia tissular. Durante a segunda guerra mundial (1939-1945) um comitê de pesquisadores, chefiado por Beecher, se dirigiram aos campos de batalha com o objetivo de aprofundar os estudos sobre a fisiopatologia do choque. Comprovou-se anecessidade de reposição sangüínea nos estados de choque. Foram observadas grandes melhoras na manutenção do sistema cardiovascular, porém verificou-se que a síndrome afetava outros órgãos, sendo a insuficiência renal um novo obstáculo a ser vencido. Evidências posteriores comprovaram que o choque prolongado e não corrigido pode evoluir para insuficiência de múltiplos órgãos, devido às alteraçõesbioquímicas. Comprovaram-se a necessidade de vigilância constante, dando origem a unidades de terapia intensiva e dos centros de recuperação pós-operatória. Mesmo com avanços no seu tratamento esta complexa síndrome ainda continua a nos desafiar ocasionando um grande número de óbitos.
Definição
Choque circulatório significa fluxo sanguíneo inadequado generalizado pelo corpo, na extensão em que os tecidoscorporais são danificados, especialmente em decorrência do suprimento deficiente de oxigênio e de outros nutrientes para as células teciduais. Mesmo o próprio sistema cardiovascular – a musculatura cardíaca, as parades dos vasos sanguíneos, o sistema vasomotor, e outros componentes da circulação – começa a se deteriorar, de modo que o choque, uma vez iniciado, está propenso a tornar-seprogressivamente pior. Para que os tecidos recebam nutrientes e oxigênio de maneira adequada é necessário uma bomba cardíaca, o sistema vascular íntegro e o volume sanguíneo adequado. Qualquer comprometimento em um desses itens ocasiona a síndrome de má perfusão tissular.
Choque cardiogênico: Os órgãos e tecidos apresentam como alterações a diminuição da circulação e inadequação da oxigenação emconseqüência a falência do coração como bomba cardíaca. O volume de sangue apresenta-se mantido, mas a quantidade de sangue bombeada pelo coração está diminuída devido à falha do coração. À falência do ventrículo esquerdo por infarto agudo do miocárdio é a causa mais comum desse tipo de choque. A incidência de choque cardiogênico devido infarto do miocárdio varia de 15% a 20%, com uma taxa de mortalidade...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • ciências ciências
  • ciências
  • O que é ciência
  • CIENCIAS
  • ciencias
  • ciencias
  • Ciencias
  • Ciencias

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!