Ciencias Contábeis

3449 palavras 14 páginas
CRITÉRIO DE RATEIO DOS CUSTOS INDIRETOS

Mais do que fazer uma enumeração de quais são os critérios para rateio dos Custos Indiretos de Produção, vamos, neste capítulo, discutir como devem ser analisados os diversos fatores a se considerar na escolha dessas bases de alocação.

1 - ANÁLISE DOS CRITÉRIOS DE RATEIO - CUSTOS COMUNS

Todos os Custos Indiretos só podem ser apropriados, por sua própria definição, de forma indireta aos produtos, isto é, mediante estimativas, critérios de rateio, previsão de comportamento de custos etc. Todas essas formas de distribuição contêm, em menor ou maior grau, certo subjetivismo; portanto, a arbitrariedade sempre vai existir nessas alocações, sendo que às vezes ela existirá em nível bastante aceitável, e em outras oportunidades só a aceitamos por não haver alternativas melhores. (Há recursos matemáticos e estatísticos que podem ajudar a resolver esses problemas, mas nem sempre é possível sua utilização.)

Verificamos nos capítulos anteriores que a primeira medida a ser tomada é a separação entre Custos e Despesas, e já aqui começam a surgir esses aspectos subjetivos inerentes a todo processo de rateio. Suponhamos que a empresa tenha seus prédios e instalações todos alugados sob um único contrato e que se veja ela agora obrigada a separar a parte que cabe à produção (custo) e aos setores administrativos e de vendas (despesa). O critério de rateio que vai ser primeiramente lembrado será o de área ocupada por cada um. Entretanto, um problema poderá ocorrer caso haja, por exemplo, um silo vertical na produção; será necessário trabalhar com outro critério se esse silo for de grande volume e funcionar como fator importante no próprio preço do aluguel. Talvez haja necessidade de fazer a distribuição com base então em volume (m3), e não em área (m2), para se obter um número considerado mais justo para cada parte.

Ainda com relação ao aluguel, outro problema pode ser levantado: suponhamos que o imóvel todo compreenda um

Relacionados

  • ciencias contabeis
    921 palavras | 4 páginas
  • ciencias contabeis
    4740 palavras | 19 páginas
  • Ciencias contabeis
    1139 palavras | 5 páginas
  • ciencias contabeis
    7665 palavras | 31 páginas
  • Ciências Contábeis
    1834 palavras | 8 páginas
  • ciencias contabeis
    2403 palavras | 10 páginas
  • Ciencia contabeis
    564 palavras | 3 páginas
  • Ciências contábeis
    23067 palavras | 93 páginas
  • Ciencias contabeis
    1170 palavras | 5 páginas
  • Ciencias contabeis
    4058 palavras | 17 páginas