Ci Ncia Da Malte O

Páginas: 12 (2902 palavras) Publicado: 4 de maio de 2015
SISTEMAS PNEUMÁTICOS DE MALTEAÇÃO

Cada vez mais o malte é germinado em camas fundas que são revolvidas mecanicamente, e são termicamente controladas pela passagem forçada de um forte fluxo de umidade e ar termicamente controlado. Assim um “sistema pneumático” permite a produção de grandes lotes de malte em planta amplamente automatizada, controlada por relativamente poucos homens. Operação emgrande escala é preciso para fazer tal malteção econômica, aproximadamente 22 ton de malte por produção. Muitos tipos de plantas estão em uso, mas certos princípios gerais de aplicação são aplicados. Neles alta qualidade de malte pode ser feita de acordo para um regular cronograma de processo, em todo o ano, e com agradáveis condições de trabalho. Tais fatores de malteação são caros para aconstrução e manutenção, e eles usam grande quantidade de energia (eletricidade) e combustível, especialmente nas estufas. Consequentemente cada vez mais maneiras estão a ser procuradas para reduzir o consumo de energia bem como o consumo de água e a produção de efluente.
No inicio do equipamento pneumático de germinação, ar, umidificado e resfriado (condicionado) por insuflamento através de leito molhadopor sprays de água de poço, foi passado por baixo da cama de grãos, depois desperdiçados. Para o grão resfriar rapidamente a taxa do fluxo de ar é aumentada. Este sistema foi inflexível e ineficiente em que (i) grande quantidades de água foram desperdiçados, (ii) não há controle sobre temperatura da água de poço, e (iii) o ar foi frequentemente umidificado por incompleto, assim que o grão secou, ocrescimento cessou e o malte foi incompletamente modificado. Atualmente água saturada e ar termicamente controlado é usualmente explodido através da cama de grãos, aproximadamente 1 m de profundidade, em uma taxa de 3,7 m/min, dando aproximadamente três trocas de ar por minuto. Raramente o fluxo de ar pode ser de baixo ou pode ser reversível. O ar é condicionado por passagem através de spraysmuito finos de água que tem sido aquecido ou resfriado como requerido. O spray de água é drenado para um reservatório e é recirculado através do equipamento de resfriamento. O ar da cama de grão pode ser recirculado ou pode ser totalmente ou parcialmente substituído com ar fresco. A média diferencial de temperatura através do pedaço é mantida por aproximadamente 1ºC, mas diferenças de 1,5 – 2,5ºC podedesenvolver. O pedaço é resfriado reduzindo a temperatura do “ar ligado”, mas mantendo fixada a taxa de ar. Temperaturas de germinação são usualmente na faixa de 16-21ºC, enquanto que eles usaram 13-16ºC. Temperaturas podem ser alteradas durante o período de germinação.
O grão germinando é periodicamente virado para “clarear a peça”, e assim (i) permitir uma fácil passagem de ar, (ii) impedirradículas entrançarem e se ligarem junto ao grão, e (iii) romper os “pontos quentes”, e assim (iv) por misturar o grão aumenta a eventual uniformidade do produto. Dependendo do estagio da germinação e do vigor de crescimento, o grão pode ser virado três vezes em 24 horas. A capacidade de malteação é frequentemente limitada pela possível profundidade da cama de grão. Nos antigos tipos de malteção,camas mais profundas que 1,1 m eram difíceis para virar, mas camas de 2,45 m podem ser viradas em algumas novas plantas.
Como uma provisão de precaução é usualmente feita aspergindo água sobre o grão em uma taxa controlada, enquanto está sendo virado. Aditivos podem ser aplicados no spray de água. Inevitavelmente o grão germinando perde água no fluxo forçado de ar. Mesmo quando o “ar ligado”entrando na cama de grão é saturado com umidade ele emerge ainda saturado, mas porque é mais quente, foi removido umidade do grão. Em alguns casos o “ar ligado” é frequentemente não completamente saturado, embora isto seja difícil para checar, porque altos níveis de umidade relativa são difíceis de mensurar com precisão. Valores cotados por uma caixa pneumática Saladin, com “ar ligado” em uma umidade...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A Ci Ncia
  • A ci ncia
  • CI NCIAS
  • CI NCIAS
  • O Que Ci Ncia
  • CI NCIAS
  • ci ncias
  • Exercicio Entre A Ci Ncia E A Sapi Ncia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!