Chuvas ácidas

Páginas: 7 (1575 palavras) Publicado: 16 de setembro de 2012
República de Angola
Ministério da Educação
Escola do Iº cíclo secundário nº 1023

Sala: 06
Turma: NT6
Classe: 9ª

O Docente
__________________
Integrantes do Grupo nº 1
NomesNº
Elizeth Bunga_____________________________________________________ 20
Laura Ferraz_______________________________________________________57
Loide Ferraz_______________________________________________________61
Sara de Ameida____________________________________________________92

Responsável do grupo: Loide Ferraz


Objectivos gerais do trabalho
Este é um trabalho deinvestigação da cadeira de Química na qual fala sobre Chuvas Àcidas. Ao longo do trabalho vamos falar das suas causas, suas consequências, e como podemos fazer para evitar as chuvas ácidas.
O objectivo deste trabalho é de nos ajudar a aumentar as nossas sabedorias e de nos fazer entender acerca deste magnífico tema que fala sobre Chuvas Ácidas.

Introdução
A queima de carvão e de combustíveisfósseis e os poluentes industriais lançam dióxido de enxofre e de nitrogênio na atmosfera. Esses gases combinam-se com o hidrogênio presente na atmosfera sob a forma de vapor de água. O resultado são as chuvas ácidas.
As águas da chuva, assim como a geada, neve e neblina, ficam carregadas de ácido sulfúrico ou ácido nítrico. Ao caírem na superfície, alteram a composição química do solo e daságuas, atingem as cadeias alimentares, destroem florestas e lavouras, atacam estruturas metálicas, monumentos e edificações.

Desenvolvimento
A chuva ácida, ou com mais propriedade deposição ácida, é a designação dada à chuva, ou qualquer outra forma de precipitação atmosférica, cuja acidez seja substancialmente maior do que a resultante da dissociação do dióxido de carbono (CO2) atmosféricodissolvido na água precipitada.
A principal causa daquela acidificação é a presença na atmosfera terrestre de gases e partículas ricos em enxofre e azoto reactivo cuja hidrólise no meio atmosférico produz ácidos fortes. Assumem particular importância os compostos azotados (NOx) gerados pelas altas temperaturas de queima dos combustíveis fósseis e os compostos de enxofre (SOx) produzidos pela oxidaçãodas impurezas sulfurosas existentes na maior parte dos carvões e petróleos.
Quimicamente, chuva ácida não seria uma expressão adequada, porque para a Química toda chuva é ácida devido à presença do ácido carbônico (H2CO3), mas para a Geografia toda chuva com Ph abaixo do N.T (Nível de tolerância(PH igual à aproximadamente 5,5)) é considerada ácida. Ela também pode acarretar sérios danos astrutas por exemplo, uma vez que se cair uma chuva ácida num ambiente lacustre de uma truta, abaixo ou acima do N.T, a truta morrerá. Os efeitos ambientais da precipitação ácida levaram à adopção, pela generalidade dos países, de medidas legais restritivas da queima de combustíveis ricos em enxofre e obrigando à adopção de tecnologias de redução das emissões de azoto reactivo para a atmosfera.Causas e consequências da precipitação ácida
Na ausência de qualquer contaminante atmosférico, a água precipitada pela chuva é levemente ácida, sendo de esperar um pH de aproximadamente 5,2 a 20 ºC, valor inferior ao que resultaria se a solução ocorresse em água destilada (pH = 5,6) devido à presença de outros compostos na atmosfera terrestre não poluída. Essa acidez natural, apesar de localmentepoder ser influenciada pela presença de compostos orgânicos voláteis e de óxidos de azoto gerados por trovoadas, resulta essencialmente da dissociação do dióxido de carbono atmosférico dissolvido na água, formando um ácido fraco, conhecido como ácido carbónico, segundo a reacção:
CO2 (g) + H2O (l) ⇌ H2CO3 (aq)
O ácido carbónico sofre ionização em solução aquosa, formando baixas concentração...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Chuvas ácidas
  • Chuva acida
  • Chuva acida
  • Chuvas Ácidas
  • chuva acida
  • Chuva ácida
  • Chuvas acidas
  • Chuva Ácida

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!