Choque anafilático

Páginas: 24 (5895 palavras) Publicado: 7 de novembro de 2012
CHOQUE ANAFILÁTICO

EM OTORRINOLARINGOLOGIA

INTRODUÇÃO:
CONCEITO:
HISTÓRICO:
ETIOLOGIA:
EPIDEMIOLOGIA:
PATOGENIA:
QUADRO CLÍNICO:
DIAGNÓSTICO:
DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL:
TRATAMENTO:
PREVENÇÃO:
ANEXO:
BIBLIOGRAFIA:


Mais informações: ajam@zaz,com.br






INTRODUÇÃO


O sistema imunológico tem por finalidade assegurar a homeostasia do organismo. Porconseguinte não surpreende de que um sistema tão complicado esteja sujeito a apresentar falhas funcionais. Em alguns grupos da população, os mecanismos imunológicos apresentam uma falha genética inerente, a qual se manifesta durante a vida inteira. Existe deficiência imunológica sempre que alguns elementos do sistema estão ausentes ou quando eles são inadequados. A alergia aparece quando existeexcesso de atividade em um dos estágios ou, em outras palavras, parece que a alergia é devida à tentativa do sistema imunológico de proteger o organismo contra uma série de substâncias que na realidade não constituem ameaça. O sistema imunológico, destinado, antes de mais nada, a identificar o perigo, reage em excesso diante dessas substâncias, colocando-as na categoria de inimigos. Algumas dessasreações nada mais são senão uma versão exagerada da defesa normal, enquanto outros são mais aberrantes e não podem ser explicadas exclusivamente na base da defesa.

Há vários tipos de alergia. O choque anafilático (CA) enquadra-se na alergia tipo I constituindo a sua forma mais grave e potencialmente fatal. Essa reação depende da formação de anticorpos IgE, sendo desencadeada pela combinaçãoantígeno-anticorpo na superfície de determinadas células (mastócitos e basófilos), com liberação de substância farmacologicamente ativas, dos quais o principal é a histamina. Além da histamina, outros mediadores já foram identificados: SRS – A (Slow reacting substances of anapleylaxis – hoje denominadas leucotrienos), serotonina, bradicinina. Deles, o mais importante e mais conhecido, do ponto devista farmacológico dinâmico, é a histamina.

Para produção do CA, bem como de outras manifestações de hipersensibilidade, é imprescindível que o organismo tenha tido contato anterior

com a substância sensibilizadora (antígeno), geralmente de natureza protéica. O contato subseqüente com a proteína sensibilizadora gera a reação.

Na anafilaxia, a reação é denatureza sistêmica, ocorre rapidamente após a administração de concentrações mínimas de material ofensor e é potencialmente fatal. O modo pelo qual o alérgeno penetra no corpo consegue ditar as manifestações e a magnitude da subseqüente reação alérgica; embora todas as vias possam induzir anafilaxia, é mais provável que a via parenteral determine elevados níveis circulantes do alérgeno inalterado e umareação sistêmica do que os alérgenos inalados ou ingeridos. Por esse motivo, a administração parenteral de medicamentos e as reações a picadas de insetos (injetados nos vasos cutâneos) estão entre as causas mais comuns de anafilaxia. As reações anafilactóides são definidas como reações sistêmicas que têm os mesmos sinais e sintomas da anafilaxia, porém não são imunes. Os exemplos são as reações acontrastes radiológicos e os antiinflamatórios não-esteróides (ácido acetilsalicílico, indometacina, ibuprofeno).

Ante a gravidade do choque anafilático, muitas vezes fatal, e o aumento do número de casos observados, o assunto passou a merecer maior consideração, especialmente no que tange à prevenção e ao tratamento.




CONCEITO



Melhor definida como uma síndrome,a anafilaxia é a manifestação clínica mais grave das doenças alérgicas. Ocorre após exposição do organismo a determinado antígeno específico, podendo algumas vezes ser de causa idiopática.



HISTÓRICO


No início do século XX, Richet e Portier, tentando imunizar o cão contra o veneno de anêmona marinha (Actinaria, verificaram, com surpresa, que a injeção inicial, em vez...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • choque anafilatico
  • Choque anafilático
  • Choque anafilatico
  • Choque anafilatico
  • Choque anafilatico
  • choque anafilático
  • Choque anafilatico
  • CHOQUE ANAFILATICO

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!