CFC 750

Páginas: 5 (1214 palavras) Publicado: 19 de outubro de 2014
2. INTRODUÇÃO

O conselho federal de contabilidade entende que a resolução numero 1.282/2010 vem dispor sobre os Principios Contábeis. Estes principios devem ser observados por todos os profissionais que de alguma forma exercem qualquer função dentro da área da contabilidade. Os principios da contabilidade demonstram toda a essencia e a teoria doutrinadora relativas as Ciencias Contábeis nosentido mais amplo desta ciencia social e que tem como patrimonio primário a Entidade. Entenderemos todos os principios contábeis, Entidade, Continuidade, Oportunidade, Registro pelo valor original, Competencia e Prudencia. Ressalvamos que o principio, antes considerado, da Atualização monetária foi revogado pela Resolução 1.282/2010, Tema deste trabalho.
Segundo a Senhora Maria Clara CavalcanteBugarim, na edição do livro Principios Fundamentais e Normas Brasileiras de Contabilidade – 3 Ed. – CFC 2008. “ O Conselho Federal de Contabilidade possui, entre as suas atribuições privativas, a responsabilidade de editar normas que devam ser cumpridas por todos os profissionais de contabilidade do País.” Justificamos o dito acima, para que fique claro a importancia do cumprimento destas normaspara o correto exercicio contábil ao qual nos preparamos.
Iremos justificar e demonstrar cada princípio de forma única e imparcial, mostrando uma visão do grupo sobre o tema tratado e dando o devido enfoque a cada normativa tratada, pretedendo assim, trazer para o dia a dia dos escritórios contabeis cada uma delas. Como podemos observar no livro do CFC – Princípios Fundamentais e Normas Brasileirasde Contabilidade de Auditoria e de Pericia – 2003, “ Os princípios Fundamentais de Contabilidade representam a essencia das doutrinas e teorias relativas a Ciência da Contabilidade.” Importante ressalvarmos que os procedimentos corretos que dita a profissão contábil emitidos pelo CFC, são, não sempre cumpridos, resultando em uma execução incorreta e imoral dos trabalhos contabeis, por parte dosprofissionais que não as cumprem.



3. PRINCÍPIOS CONTÁBEIS

3.1 SEÇÃO I – O PRINCÍPIO DA ENTIDADE.
O princípio da entidade trata a partir do Art. 4º que reconhece o patrimonio como objeto da contabilidade, ou seja, a contabilidade de uma empresa não pode ser confundida com a de um sócio, ou, com a dos sócios. Assim não pode-se registrar as contas pessoais do sócios como contas da empresa.Durante o dia a dia nos escritórios contábeis, este é o princípio mais desrespeitado, ainda mais, quando falamos de ME’s e EPP’s. Estes tipos de Pessoas Jurídicas não levam em consideração este tipo de principio por se tratar de um fato, em muitos casos, incontrolável.

3.2 SEÇÃO II – O PRINCÍPIO DA CONTINUIDADE
Este princípio pressupõe que a Entidade continuará num futuro e que para que essacontinuação seja possível deverá se apresentar e mensurar todos os componentes que tornem isto possível. Notamos a importancia superior deste princípio quando falamos, além dos outros artigos, no art. 2º, quando ele diz ser que se evidencia que a aplicação do principio da continuidade é vital para a correta aplicação do principio da competencia. Seguindo este princípio vemos uma entidade como umaempresa “sempre em movimento” e que não tem, salvo raras exceções, previsões para encerrar suas atividades.

3.3 SEÇÃO III – O PRINCÍPIO DA OPORTUNIDADE
O princípio da Oportunidade agrega valor ao instituir que o contabilista não deve ignorar na contabilidade o registro de fatos e atos que poderão afetar a situação patrimonial no futuro. Este princípio é um dos casos em que não existemequivalentes na classificação dos Postulados, Princípios e Convenções pela Estrutura Conceitual Básica da Contabilidade. Embora possa ser entendido como uma estrutura relacionada ao modus operandi do princípio da Realização das Receitas e Confrontação das Despesas.


3.4 SEÇÃO IV – O PRINCÍPIO DO REGISTRO PELO VALOR ORIGINAL
Este Princípio, de modo semelhante ao seu correspondente Princípio do...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Cfc 750
  • Lei cfc 750-93
  • Resolucção CFC 750/93 e 1282/2010
  • OS PRINCÍPIOS CONTÁBEIS SEGUNDO A RESOLUÇÃO CFC Nº 750/93
  • Os Princípios Contábeis Segundo A Resolução Cfc Nº 750/93
  • Deliberação cvm 29/86; resolução cfc 750/93 e deliberação 539/08.”
  • Cfcs
  • discovery 750

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!