Carteis

980 palavras 4 páginas
Carteis

|Introdução |
| |
|A teoria econômica demonstra, com o seu ferramental teórico, que a formação de cartéis é prejudicial à livre concorrência, pois|
|acarreta perdas de bem-estar para os agentes econômicos e principalmente ao consumidor. |
|A infração econômica denominada de cartel é muito comum na atualidade. Com sua formação a os agentes que deveriam ser |
|concorrentes entre si e passam a aliados prejudicando a lei da oferta e demanda, mantendo preços abusivos com baixa |
|produtividade se comparado aos da real concorrência. |
|Todavia, esse é um fenômeno comum de acontecer em economias capitalistas, sua proibição, além da defesa dos direitos do |
|consumidor, visa também que não sejam prejudicadas outras empresas, concorrentes, que oferecem produtos ou serviços |
|semelhantes, mas que não participam da formação de um cartel. |
| |
| |
|Setores com maior incidência de cartéis |
| |
|No cenário mercadológico, é possível identificar setores que apresentam maior incidência de formação de cartéis. Em 2001, a |
|Secretaria do Direito

Relacionados

  • Cartéis
    2149 palavras | 9 páginas
  • Cartéis
    1277 palavras | 6 páginas
  • Carteis
    1511 palavras | 7 páginas
  • Cartéis
    1421 palavras | 6 páginas
  • CARTEIS
    2424 palavras | 10 páginas
  • Cartéis
    1061 palavras | 5 páginas
  • Carteis
    807 palavras | 4 páginas
  • Cartel
    1665 palavras | 7 páginas
  • Cartel
    2196 palavras | 9 páginas
  • Cartel
    1450 palavras | 6 páginas