Carnaval e transgressão

Páginas: 63 (15590 palavras) Publicado: 6 de abril de 2013
( BURKE, 1991, p. )

“Apresentação”



“O núcleo central desse grupo é formado por Licien Febvre, Marc Bloch, Fernand braudel, Georges Duby, Jacques Le Goff e Emmanuel Le Roy Ladurie.

Em primeiro lugar , a substituição da tradicional narrativa de acontecimentos por uma hitória-problema.

Em segundo lugar , a história de todas as atividades humanas e não apenas história política.Em terceiro lugar , visando completar os dois primeiros objetivos , a colaboração com outras disciplinas , tais como geografia , a sociologia, a psicologia , a economia, a lingüística , a antropologia social , e tantas outras. (...)” (p.11-12)

“O objetivo deste livro é descrever, analisar e avaliar a obra da escola dos Annales. Essa escola é, amiúde, vista como um grupo monolítico, como umaprática histórica uniforme, quantitativa no que concerne o método, deterministas em suas concepções, hostil, ou pelo menos, indiferente à política dos eventos. Esse estereotipo dos Annales ignora tanto as divergências individuais entre pos membros quanto seu desenvolvimento no tempo. Talvez seja preferível falar num movimento dos Annales, não numa ‘escola’5.” (p. 12)

“Esse movimento pode serdividido em três fases. Em sua primeira fase, de 1920 a 1945, caracterizou-se por ser pequeno, radical e subversivo, conduzindo uma guerra de guerrilhas contra a história tradicional, a história política e a história de eventos. (...) Essa segunda fase do movimento de uma ‘escola’, com conceitos diferentes (particularmente estrutura e conjuntura) e novos métodos (especialmente a ‘história serial’ dasmudanças na longa duração), foi dominada pela presença de Fernand Braudel.” (p.12)

“Na história do movimento, uma terceira fase se inicia por volta de 1968. È profundamente marcadas pela fragmentação. A influencia do movimento, especialmente na França, já era tão grande que perdera muito das especificidades anteriores. Era uma ‘escola’ unificada apenas aos olhos de seus admiradores externos e seuscríticos domésticos, que preservavam em reprovar-lhe a pouca importância atribuída à política e à história dos eventos. (...)” (p.13)

............................................................................................................................................

“Este breve estudo do movimento dos Annales pretende atravessar diversas fronteiras culturais. Objetiva, de um lado,tanto quanto possível, a década de 20 às gerações posteriores e a prática do historiador para sociólogos, antropólogos, geógrafos e outros cientistas sociais. Ele se apresenta sob a forma de uma história que busca harmonizar uma organização cronológica a uma temática.” (p.13)............................................................................................................................................

“O livro é ao mesmo tempo, algo mais e algo menos do que um estudo de história intelectual. Não aspira a ser um estudo acadêmico definitivo sobre o movimento dos Annales, o que, espero, alguém faça no século XXI. (...)” (p.13)

.............................................................................................................................................“Este estudo conclui-se com uma discussão a cerca das reações, entusiásticas ou críticas, ao movimento dos Annales, um balanço de sua acolhida em diferentes partes do mundo e por diferentes disciplinas, uma tentativa de situá-lo na história da historiografia (...)” (p.15)


“O Antigo Regime na Historiografia e seus críticos” (p.17)

“Desde os tempos de Heródoto e Tucídides, a história tem sidoescrita sob uma variada forma de gêneros: crônica monástica, memória política, tratado de antiquários, e assim por diante. A forma dominante, porém, tem sido a narrativa dos acontecimentos políticos e militares, apresentada como a história dos grandes feitos de grandes homens - chefes militares e reais. Foi durante o Iluminismo que ocorreu, pela primeira vez, uma contestação a esse tipo de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • carnaval
  • carnaval
  • O Carnaval
  • carnaval
  • carnaval
  • carnaval
  • Carnaval
  • Carnaval

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!