Cardiopatias Congénitas

Páginas: 38 (9301 palavras) Publicado: 4 de março de 2015
Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra
Ano letivo 2014/2015
FISIOLOGIA CLÍNICA

CARDIOPATIAS
CONGÉNITAS
HEMODINÂMICA | 3ºAno
Docente:
Professor Telmo Pereira
Discentes:
Cátia Lopes
Joana Freitas
Liliana Sá
Mariana Lopes

Janeiro 2015

Índice
Introdução………………………………………………………………………………………………………………………………….3
Comunicaçãointer-aurícular………………………………………………………………………………………………………4
Forámen oval patente………………………………………………………………………………………………………………..6
Comunicação inter-ventricular……………………………………………………………………………………….…………..7
Persistência do canal auricular……………………………………………………………………………………….…………..9
Tetralogia de Fallot……………………………………………………………………………………………….………………….11
Anomalia de Ebstein…………………………………………………………………………………………………………………12
Coartação da aorta…………………………………………………………………………………………………………………..13
Membranasub-aórtica……………………………………………………………………………………………………………..14
Cor triatriatum………………………………………………………………………………………………………………………….14
Aorta bicúspide………………………………………………………..………………………………………………………………15
Atresia Pulmonar……………………………………………………………………………………………………………………..16
Estenose pulmonar congénita………………………………………………………..………………………………………..17
Estenose aórtica congénita………………………………………………………..…………………………………………….18
Estenose mitral e tricúspide congénitas……………………………………………………………………………………19
Estenose aórticasupra-valvular………………………………………………………..………………………………………20
Válvula aurículo-ventricular única………………………………………………………..…………………………………..21
Drenagem das veias pulmonares anómala…………………………………………………..…………………………..22
Transposição dos grossos vasos………………………………………………………..………………………………………23
Dupla câmara de saída do VD…………………………………………………..……………………………………………….25
Ventrículo único………………………………………………..……………………………………………………………………..28
EctopiaCordis…………………………………………………..………………………………………………………….……………29
Bloqueio aurículo-ventricular congénito…………………………………………………………………..………………30
Conclusão………………………………………………………………………………………………………………………………...32
Referências bibliográficas…………………………………………………………………………………………………………33

Cardiopatias Congénitas | Página 2

Introdução
As cardiopatias congénitas são malformações ou defeitos na estrutura anatómica do coração
e nos grandes vasos presentes no nascimento. Muitas vezes, são tão graves que podem colocar
a própria vida em perigo.
A causade malformações cardíacas congénitas são diversos fatores aos quais a mãe se pode
expor durante a gravidez e que, ao longo da vida intra-uterina, interferem direta ou
indiretamente no desenvolvimento do coração e dos grandes vasos. Os fatores mais frequentes
são as infeções provocadas por vírus, a exposição a raios-X, o excessivo consumo de álcool e a
administração, ao longo da gravidez, dedeterminados medicamentos contra-indicados. Noutros
casos, as cardiopatias congénitas são provocadas por anomalias genéticas ou cromossómicas. É
por esse motivo que em determinadas doenças genéticas ou resultantes de anomalias
cromossómicas, como a síndrome de Turner ou a síndrome de Down, podem apresentar
cardiopatias congénitas.
A incidência de cardiopatia congénita na população é de 5 a 12por mil nascimentos. Em
Portugal, esta patologia é a mais frequente entre as malformações congénitas.
As manifestações dependem do tipo de malformação, da sua gravidade e das suas
repercussões na circulação do sangue. As mais frequentes são fadiga muscular, cianose, sensação
de falta de ar, dores torácicas e episódios de perda de consciência.
Existem vários tipos de malformações cardíacascongénitas e, em muitos casos, estão
associadas entre si. Ao longo deste trabalho vamos abordar resumidamente cada uma das
cardiopatias congénitas.

Cardiopatias Congénitas | Página 3

Comunicação Inter-aurícular
CIA ou DSA é uma abertura anormal no septo inter-aurícular, permitindo comunicação do
sangue entre as aurículas esquerda e direita (diferente de FOP* – forame oval patente).Constitui
a anomalia cardíaca congênita mais comum.
*presente em até um terço dos indivíduos normais, e geralmente não...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Cardiopatia Congênita
  • cardiopatia congenita
  • cardiopatia congenita
  • cardiopatia congenita
  • cardiopatia congenita
  • CARDIOPATIA CONGÊNITA
  • Cardiopatias congenitas
  • Cardiopatia congenita

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!