Características Simbolistas do Poeta João da Cruz e Souza

Páginas: 8 (1970 palavras) Publicado: 1 de abril de 2014
Características Simbolistas do Poeta João da Cruz e Souza
Biografia do Poeta
João da Cruz e Souza nasceu em 24 de novembro de 1861 em Desterro, hoje Florianópolis, Santa Catarina. Seu pai e sua mãe, negros puros, eram escravos alforriados pelo Marechal Guilherme Xavier de Sousa. Ao que tudo indica o Marechal gostava muito a família, pois o menino João da Cruz recebeu, além de educaçãorefinada, adquirida no Liceu Provincial de Santa Catarina, o sobrenome Sousa.
Apesar de toda essa proteção, Cruz e Souza sofreu com o preconceito racial. Depois de dirigir um jornal abolicionista, foi impedido de deixar sua terra natal por motivos de preconceito racial.
Algum tempo depois foi nomeado promotor público, porém, impedido de assumir o cargo, novamente por causa do preconceito. Aotransferir-se para o Rio, sobreviveu trabalhando em pequenos empregos e continuou sendo vítima do preconceito.
Cruz e Souza morreu em 19 de março de 1898 na cidade mineira de Sítio, vítima de tuberculose. Suas únicas obras publicadas em vida foram Missal e Broquéis.
Cruz e Souza é sem sombra de dúvidas, o mais importante poeta Simbolista brasileiro, chegando a ser considerado também um dos maioresrepresentantes dessa escola no mundo. Muitos críticos chegam a afirmar que se não fosse a sua presença, a estética Simbolista não teria existido no Brasil. Sua obra apresenta diversidade e riqueza.
De um lado, encontram-se aspectos noturnos, herdados do Romantismo como, por exemplo, o culto da noite, certo satanismo, pessimismo, angústia morte etc. Já de outro, percebe-se certa preocupação formal, comoo gosto pelo soneto, o uso de vocábulos refinados, a força das imagens etc.
Em relação a sua obra, pode-se dizer ainda que ela tenha um caráter evolutivo, pois trata de temas até certo ponto pessoais como, por exemplo, o sofrimento do negro e evolui para a angústia do ser humano.
Broquéis é um livro de poesia maior. O Simbolismo nele refulge na sua linguagem colorida, exótica e vigorosa; naabstração vaga e diluída de toda a materialidade; na imprecisa, mas dominante tendência mística, envolvendo todo um vocabulário litúrgico; na linguagem figurada, constantemente fórica, de aliterações e sinestesias; na crescente musicalidade que emana de seus versos. São poemas simbolistas, mas poemas carregados de sentimento e de vivências vigorosas. Poemas que identificam a tortura existencial dopoeta, totalmente dedicado à criação poética.
Poema analisado de João da Cruz E Souza
Braços
Braços nervosos, brancas opulências,
Brumais brancuras, fúlgidas brancuras,
Alvuras castas, virginais alvuras,
Lactescências das raras lactescências.
As fascinantes, mórbidas dormências
Dos teus abraços de letais flexuras,
Produzem sensações de agres torturas,
Dos desejos as mornas florescências.Braços nervosos, tentadoras serpes
Que prendem, tetanizam como os herpes,
Dos delírios na trêmula coorte…
Pompa de carnes tépidas e flóreas,
Braços de estranhas correções marmóreas,
Abertos para o Amor e para a Morte!
Analise a pauta rítmica do poema:
Forma: Soneto – Versos Decassílabos em todo o poema, estrutura
rítmica variada, resgate de ritmos que a escola anterior havia abandonadoritmos medievais. Versos compostos de dois hemistíquios, a maioria deles sendo um verso com duas redondilhas menores independentes; ocorrência de enjambement em cinco versos.

1) Primeira Estrofe
Acentos Hemistíquios (Hs)
Bra/ços/ ner/vo/sos/, bran/cas/ o/pu/lên/cias, = 1/4/6/10
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
Bru/mais/ bran/cu/ras/, fúl/gi/das/ bran/cu/ras, 2/4/6/10.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
Al/vu/ras/cas/tas/, vir/gi/nais/ al/vu/ras, 2/4/8/10
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
Lac/tes/cên/cias/ das/ ra/ras/ lac/tes/cên/cias. ? 3/6/10 Hs unidos com preposição
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 .
2) Segunda Estrofe
As/ fas/ci/nan/tes/, mór/bi/das/ dor/mên/cias 4/6/10
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
Dos/ teus/ a/bra/ços/ de/ le/tais/ fle/xu/ras, 2/4/8/10 Hs unidos com preposição
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
Pro/du/zem/ sen/sa/ções/ de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • joao da cruz e souza
  • Cruz e Souza
  • Souza cruz
  • souza cruz
  • Cruz E Souza
  • Souza Cruz
  • Souza cruz
  • Cruz De Souza

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!