capoeira

693 palavras 3 páginas
O Brasil recebeu cerca de 38% de todos os escravos africanos que foram trazidos para a América.4 A quantidade total de africanos subsaarianos que chegaram ao Brasil tem estimativas muito variadas: alguns citam mais de três milhões de pessoas, outros quatro milhões.5 Segundo uma estimativa, de 1501 a 1866, foram embarcados na África com destino ao Brasil 5.532.118 africanos, dos quais 4.864.374 chegaram vivos (667.696 pessoas morreram nos navios negreiros durante o trajeto África-Brasil). O Brasil foi, de longe, o país que mais recebeu escravos no mundo. Em comparação, no mesmo período, com destino à América do Norte foram embarcados 472.381 africanos, dos quais 388.747 chegaram vivos (83.634 não sobreviveram).6
De acordo com a estimativa do IBGE, o número total de africanos que chegou ao Brasil foi de 4009400.7
Os escravos homens, jovens, mais fortes e saudáveis eram os mais valorizados. Havia um grande desequilíbrio demográfico entre homens e mulheres na população de escravos. No período 1837-1840, por exemplo, os homens constituíam 73,7% e as mulheres apenas 26,3% da população escrava. Os navios negreiros embarcavam mais homens do que mulheres. Além disto, os donos de escravos não se preocupavam com a reprodução natural da escravaria, porque era mais barato comprar escravos recém trazidos pelo tráfico internacional do que gastar com a alimentação de crianças. O número de crianças era inferior, de 3% a 6% dos embarcados.8
Os portugueses lideraram o tráfico de escravos por séculos. Herdaram da tradição islâmica sua cultura técnica, fundamentalmente para a navegação, produção de açúcar e incorporação de negros escravos para a força de trabalho.9 A mão-de-obra escrava de africanos na produção de açúcar já estava sendo utilizada nas ilhas atlânticas da Madeira e dos Açores à época do descobrimento do Brasil, seguindo uma nova forma de organização de produção: a fazenda.9 No início do século XVI, cerca de 10% da população de Lisboa era composta por escravos

Relacionados

  • A CAPOEIRA
    3815 palavras | 16 páginas
  • Capoeira
    5880 palavras | 24 páginas
  • Capoeira
    6327 palavras | 26 páginas
  • Capoeira
    8651 palavras | 35 páginas
  • Capoeira
    11807 palavras | 48 páginas
  • Capoeira
    1275 palavras | 6 páginas
  • Capoeira
    734 palavras | 3 páginas
  • Capoeira
    7993 palavras | 32 páginas
  • Capoeira
    5896 palavras | 24 páginas
  • Capoeira
    4891 palavras | 20 páginas