Capacidade térmica massica

791 palavras 4 páginas
Escola Secundária Maria Amália Vaz de Carvalho

APL 1.3

Determinação do ponto de fusão de ebulição

Relatório Científico para a disciplina de Física e Química A

Índice Resumo 2 Introdução teórica 2 Esquema de montagem 3 Material de laboratório 3
Ponto de ebulição: 3
Ponto de fusão 4 Procedimento Experimental 4
Ponto de ebulição: 4
Ponto de fusão: 4 Descrição das observações 4
Ponto de ebulição: 4
Ponto de Fusão: 5 Tratamento dos resultados 5
Ponto de Ebulição: 5
Ponto de Fusão: 5 Conclusões 5 Crítica de resultado 5 Bibliografia 5

Resumo

Este trabalho foi efetuado no laboratório de química da Escola Secundária Maria Amália Vaz de Carvalho, na sala C18, e teve como principal finalidade determinar o ponto de fusão do naftaleno e o ponto de ebulição do etanol.
Para determinarmos o ponto de fusão e de ebulição tivemos que aquecer os materiais e registar as temperaturas.
Percebemos que o naftaleno que usamos não era puro, porque o ponto de fusão foi dos 80ºC aos 83ºC, e que o etanol era puro porque o ponto de ebulição foi contante, 79ºC.

Introdução teórica

Gráfico 1. Gráfico da variação das amostras conforme a variação da temperatura
Gráfico 1. Gráfico da variação das amostras conforme a variação da temperatura
Amostra pura
Amostra pura
Amostra impura
Amostra impura
O ponto de fusão designa à temperatura à qual uma substância passa do estado sólido para o estado líquido nas condições normais de pressão, e o ponto de ebulição designa a temperatura em que uma substância passa do estado líquido ao estado gasoso.
O ponto de fusão, a uma determinada pressão, é um valor constante, característico de uma substância pura, e por isso a sua determinação constitui um método para calcular o grau de pureza da mesma substância. Com isto, se ao determinamos o ponto de fusão de uma substância que pensamos ser pura e durante a sua fusão existirem variações de temperatura, a substância não pode ser considerada pura.
O ponto de

Relacionados

  • Capacidade termica massica
    1394 palavras | 6 páginas
  • Capacidade térmica mássica
    305 palavras | 2 páginas
  • Capacidade térmica massica
    1559 palavras | 7 páginas
  • Capacidade térmica massica
    1625 palavras | 7 páginas
  • Capacidade Térmica Mássica
    496 palavras | 2 páginas
  • capacidade térmica mássica
    1610 palavras | 7 páginas
  • Capacidade térmica mássica
    567 palavras | 3 páginas
  • Capacidade Térmica Mássica
    656 palavras | 3 páginas
  • Capacidade termica massica
    568 palavras | 3 páginas