Córtex Cerebral

Páginas: 5 (1031 palavras) Publicado: 20 de agosto de 2013
CÓRTEX CEREBRAL, AMOR E EQUILÍBRIO

Psicólogos americanos demonstraram que o equilíbrio emocional, aquele que permite, por exemplo, que uma criança de cinco anos aprenda a protelar uma recompensa (uma bala) para poder conseguir um benefício maior (ir ao cinema mais tarde), é mais importante que a inteligência como determinante do sucesso na vida adulta. Nos EUA muitas empresas importantes jáutilizam uma medida chamada “QE” (Quociente emocional) em vez do famigerado “QI” (Quociente Intelectual) na escolha do pessoal do escalão superior. De nada vale, para um candidato a gerente, ser inteligente e saber computação se é um estourado ou um assediador sexual.
O equilíbrio emocional não é inato: se adquire, e não necessariamente em colégios caros; as crianças aprendem em casa ou com ospares a não se atirar no chão, aos berros, para obter determinado brinquedo; aprendem a entender que a satisfação instantânea dos desejos não é sempre o melhor.
Equilíbrio emocional não significa insensibilidade... Equilíbrio emocional quer dizer sentir as emoções e reagir a elas, mas mantendo um grau de controle sobre a resposta. A criança que protela uma bala para ganhar algo melhor, gosta dabala como qualquer outra mas aprende que há coisas mais importantes. Insensibilidade só tem os psicopatas...
As emoções dependem dos afetos e sentimentos. Sabe-se que estes têm um papel importante na vida cognitiva do sujeito; na memória, por exemplo, e em tudo o que dela depende. Que é muito: a memória nos permite ser quem somos; é a fonte da nossa individualidade como pessoas ou como comunidades. Eu sou quem eu sou porque me lembro quem eu sou, me lembro dos fatos de minha vida. Um país é um país porque lembra de sua história, de seu passado coletivo...  Aprendemos e evocamos melhor as memórias que se vinculam com nossos afetos e sentimentos. Não lembramos, ou lembramos mal, as coisas afetivamente insignificantes. Lembramos para sempre do colo da mãe ou dos olhos de nossa primeiranamorada. Esquecemos, para sempre do número do encanador ou daquele comercial que vimos na televisão há dez minutos.
Dos afetos e sentimentos, o mais importante é o amor. É graças ao amor que podemos chegar a adquirir aquele equilíbrio emocional que mencionamos acima; Sem ele não há equilíbrio possível. Os psicopatas, por exemplo, não sabem e não conseguem aprender o que é amor. Matam porque tanto faz.O amor tem muitas faces. Uma delas é o carinho, a expressão do amor na qual nós, latinos, somos especialistas; mas não é a mais importante: os suecos e os ingleses amam tanto quanto nós, e o expressam muito menos. A saudade do objeto amado, o desejo de seu bem-estar, são outras. O amor envolve também a contenção do nível de agressão em relação à pessoa amada: ninguém bate no filho como baterianum inimigo.
  São parte do amor as atitudes que denominamos civilidade ou educação: se gostamos de morar onde moramos (ou simplesmente não temos outro lugar melhor aonde ir), não vamos brigar com os vizinhos; vamos, ao contrário, tentar ser amáveis com eles. A mesma coisa no trânsito. Se gostamos de chegar vivos em casa, tentaremos ser amáveis com os demais motoristas e não arriscar acidentesimprevisíveis.
Estudos recentes demonstraram que o que chamamos amor aparece como um salto evolutivo. Não existe naqueles animais inferiores que não possuem córtex cerebral. As aranhas e os répteis abandonam ou devoram seus filhotes; uma das primeiras coisas que o filhote de cobra tem que aprender é fugir da mãe; já a rata, que possui um córtex rudimentar, protege seus filhotes com carinho e só osdevora quando tem muita fome ou percebe que estão doentes. A cadela com um córtex bem mais desenvolvido é uma mãe exemplar, e é até capaz de amar outros animais ou pessoas. Os golfinhos e os primatas, cujo córtex é maior ainda, são capazes de se sacrificar por outros de sua espécie.
Os humanos, então, somos capazes de amar até o desespero, até deixar-nos morrer pela pessoa ou até pela comunidade...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Cortex cerebral
  • Cortex Cerebral
  • Cortex cerebral
  • Córtex Cerebral
  • Cortéx cerebral
  • Cortex cerebral
  • cortex cerebral
  • Córtex cerebral

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!