Células tronco - definição, utilização e perspectivas

Páginas: 23 (5641 palavras) Publicado: 30 de maio de 2011
ANDRÉ SILVA

CÉLULAS TRONCO
Definição, utilização e perspectivas

Recife
2007

CÉLULAS TRONCO: Definição, utilização e perspectivas, é uma apostila, produzida pelo Prof. André Silva, com objetivos didáticos e sem fins lucrativos.

Citação:
SILVA, André. CÉLULAS TRONCO: Definição, utilização e perspectivas. Recife: autor, 2007, 23fl.

Contato: silvafvp@yahoo.com.br

Prof. AndréSilva é Biomédico, possui mestrado em Patologia e é professor de Hematologia na Escola Técnica Estadual Almirante Soares Dutra.

Sumário

1 O que é célula-tronco 1

1.1 As células-tronco são classificadas como: 3

1.2 Quais as funções naturais das células-tronco no corpo humano? 5

1.3 O que torna a célula-tronco capaz de formar um tecido ou outro? 5

2 O que é terapia comcélulas-tronco 6

2.1 É possível programar as células-tronco para que se diferenciem nos tecidos que precisam ser reparados? 7

2.2 Como é o uso de células-tronco adultas? 7

2.3 Como é o uso de células-tronco de embriões? 8

2.4 Quais as vantagens de células-tronco embrionárias em relação às adultas? 8

3 A técnica de clonagem terapêutica para obtenção de células-tronco 9

4 Terapiacelular com outras fontes de células-tronco 11

4.1 Indivíduos adultos 11

4.2 Cordão umbilical e placenta 12

4.3 Células embrionárias 12

5 Células-Tronco e Câncer 13

5.1 Câncer: "desdiferenciação" ou doença da célula-tronco? 13

5.2 Leucemias: um modelo enriquecedor 13

5.3 Implicações 16

6 Aspectos éticos 17

7 Perspectivas futuras 19

8 Conclusão 20Referências 23

O que é célula-tronco

É um tipo de célula que pode se diferenciar e constituir diferentes tecidos no organismo. Esta é uma capacidade especial, porque as demais células geralmente só podem fazer parte de um tecido específico (por exemplo: células da pele só podem constituir a pele). Outra capacidade especial das células-tronco é a auto-replicação, ou seja, elas podem gerarcópias idênticas de si mesmas.

As células-tronco estão presentes desde a vida embrionária até a vida adulta, e provavelmente até nossa morte. São elas as responsáveis pela formação do embrião e também pela manutenção dos tecidos na vida adulta. No início da vida embrionária, as células-tronco são virtualmente totipotentes, ou seja, apresentam capacidade de gerar quaisquer tecidos doorganismo. Contudo, após a formação do embrião propriamente dito, diversos tecidos mantêm células-tronco que participam da fisiologia normal (e da patologia também) na vida adulta.

Conceitualmente, as células-tronco apresentam duas características fundamentais:

1) auto-renovação ilimitada, por exemplo, a capacidade de multiplicar-se gerando células iguais à célula-originaldurante toda a vida, e ;

2) pluripotência, como, por exemplo, a capacidade de gerar diferentes tipos celulares.

Apesar de existirem em baixa freqüência, seus números são suficientes para manter os tecidos que necessitam de renovação constante. Em alguns sistemas onde são bem caracterizadas, sua freqüência é estimada em 1 para cada 100.000 células totais daquele tecido. Ascélulas-tronco, à medida que se dividem, geram progenitores comprometidos, com uma capacidade de proliferação ainda mais limitada e um restrito potencial de diferenciação devido ao comprometimento com uma linhagem celular única. A partir deste ponto, esta célula já comprometida chamada precursor, já possui morfologia definida e seu potencial proliferativo é limitado ou mesmo nulo.

Ascélulas-tronco mais bem conhecidas, são as células-tronco do tecido hematopoiético, identificadas por Till e McCulock há mais de 40 anos. Recentemente, outros tecidos tiveram suas células-tronco identificadas como do sistema nervoso, fígado, pele e mucosas, intestinos e até mesmo coração.

[pic]

O tecido hematopoiético se desenvolve na vida adulta de maneira hierarquizada. A Célula Tronco...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Perspectivas no uso de Células Tronco
  • Genoma Humano e Utilização de células-tronco
  • Clonagem e utilização de células-tronco embrionárias: os limites dos benefícios
  • Aspectos Éticos, Legais e Religiosos na Utilização de Células-tronco
  • A utilização de células-tronco no tratamento de doenças degenerativas
  • Ciência x Religião Conceitos Religiosos na utilização de Celulas Tronco
  • Células Tronco
  • Celulas tronco

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!