Cálculo do custo do acidente de trabalho

Páginas: 6 (1397 palavras) Publicado: 24 de março de 2013
CÁLCULO DO CUSTO DO ACIDENTE DE TRABALHO

O cálculo em si não é difícil, mas muito trabalhoso. Para cada caso existem diferentes variáveis envolvidas e em muitos casos podem chegar a dezenas de variáveis, muitas vezes de difícil identificação. Em linhas gerais pode-se dizer que o custo do acidente é o somatório dos custos diretos e indiretos envolvidos.
CT = CD + CI

Os acidentes de trabalhoe doenças profissionais custam tempo e dinheiro. Para facilitar o entendimento, é importante compreendermos que acidente de trabalho é entendido de forma legal como “o que ocorre pelo exercício do trabalho a serviço da empresa, com o segurado empregado, que provoca lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte, a perda ou redução, permanente ou temporária, da capacidade para otrabalho”, mas, pode ainda ser definido pela sua forma prevencionista, que se dará da seguinte maneira, “acidente do trabalho é toda ocorrência não programada ou prevista, estranha ao andamento normal do trabalho, da qual possa resultar danos físicos e/ou funcionais ou lesões ao trabalhador e/ou danos materiais e econômicos à empresa”. È importante entendermos ainda que a doença profissional é “toda equalquer deficiência e/ou enfraquecimento da saúde humana, causada por uma exposição contínua a condições inerentes à ocupação de uma pessoa”. 
     Todo esse processo gera um determinado custo para a empresa, custo este que de alguma forma é repassado ao cliente. 
     O processo ocorre de forma natural, isto é, o acidente ou a doença profissional gera custo que onera a produção, daí podemocorrer três situações diferenciadas, porém uma não menos grave que a outra: 
          1º situação – o empresário busca não assumir os custos decorrentes deste processo acidentário e, repassa ao cliente através do aumento do preço de venda de seus produtos ou serviços, ao realizar este procedimento, o empresário torna-se menos competitivo uma vez que seus produtos são mais caros. 
          2ºsituação – o empresário absorve o custo acidentário, não imputando-o sobre o preço de venda, nem repassando-o em espécie alguma ao seu cliente, dessa forma o cliente não sofre quaisquer conseqüências das falhas no processos produtivo, porém, o empresário reduz a margem de lucro de seus produtos ou serviços e com isso parte da sua receita que poderia ser voltada para o aumento da qualidade dos seusprocessos, melhoria de maquinários e equipamentos, investimento no estímulo motivacional de seus empregados e outros investimentos com foco no processo de melhoria contínua empresarial, perde eficácia podendo não atingir a excelência. 
          3º situação – O cliente compra do concorrente o produto ou serviço, uma vez que o produto ou serviço em questão tornou-se oneroso em função dos custos deacidentes e doenças profissionais a ele imputados. Essa é a mais grave de todas as situações, do ponto de vista empresarial. O Gestor Empresarial deve ter visão aguçada para entender quando e quanto lhe é válido investir em prevenção de acidentes afim de não onerar seu produto e nem reduzir sua margem de lucro por motivos de acidentes e doenças profissionais, motivos estes considerados desnecessários edispendiosos, ou seja, desperdícios. 
     Em uma empresa, somente existe uma fonte de entrada de capital financeiro, o CLIENTE. Por tanto, ao final deste trajeto, podemos analisar que o processo acidentário causa prejuízos de forma coletiva, ou seja, à empresa que perde qualidade de seus produtos e estes ainda perdem competitividade no mercado; o empresário que não consegue extrair o melhor emseu preço de venda, perdendo no ponto de vista estratégico; o empregado, pois, parte da receita que poderia ser a ele destinada sob forma de oportunidades de crescimento, não será para cobrir estes desperdícios. 
     O que o empregado tem de compreender é que se ele faz parte da empresa, ele crescerá ou estagnará junto com ela. A medida que uma empresa se torna sofisticada o funcionário...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Custo acidente de trabalho
  • Custos do acidente do trabalho
  • Custos dos acidentes do trabalho
  • custo dos acidentes de trabalho
  • Custos por acidente de trabalho
  • Acidentes de trabalho: custos previdenciários e dias de trabalho perdidos
  • Custos Acidentes
  • Calculo de custos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!