BULLYING NAS ESCOLAS

Páginas: 78 (19442 palavras) Publicado: 19 de agosto de 2013


FACULDADE








BULLYING NAS ESCOLAS E ATUAÇÃO DO GESTOR








INDAIATUBA
2009


FACULDADE








BULLYING NAS ESCOLAS E ATUAÇÃO DO GESTOR



Monografia apresentada como requisito parcial para a obtenção do título de especialista no curso de Pós-graduação em Metodologias Inovadoras Aplicadas á Educação, na especificidade(colocarespecificidade do curso)modalidade a distância,da Faculdade Internacional

Profº
INDAIATUBA
2009



















Dedico este trabalho a todos os profissionais
da educação que transformam os desafios
em oportunidades decrescimento, formando
seres humanos plenos em essência.


AGRADECIMENTOS

Aos meus pais, meu marido, que tanto amo;
Aos alunos, principais mestres na minha trajetória de aprendizado e amadurecimento profissional;
Aos orientadores deste curso de pós-graduação, que com paciência e boa vontade, tantoacrescentaram em minha evolução intelectual e espiritual, e
Aos colegas de trabalho, com os quais compartilho angústias, anseios, alegrias e que sempre me deram força para o prosseguimento de tantas jornadas.















RESUMO

O presente trabalho aborda sob as orientações das teorias dos comportamentos que envolvem crianças e adolescentes, o estudo dasrelações humanas, numa perspectiva de instituição escolar, através do conhecimento de realidades, que estimulam a prática do Bullying, visando intervenções de todos os profissionais da educação, principalmente dos gestores, para minimizá-lo, na tentativa de excluir essa prática das escolas. O estudo tem um caráter inicial de pesquisa bibliográfica, como norteador para o entendimento do objetode estudo, priorizando vivências explícitas em jornadas de trabalho efetivo com profissionais e alunos, dando origem a análise, observação de várias metodologias para a compreensão de atitudes e intervenções que justifiquem a atuação do gestor, suas funções e responsabilidades sociais. A pesquisa teórica foi realizada com a aplicação de questionários, em uma instituição de âmbito públicomunicipal, com crianças e adolescentes de 9 a 18 anos, que apresentavam comportamentos agressivos e ou omissos, causadores de lesões psicológicas e físicas, de caráter repetitivo, com quadros de dificuldade de aprendizagem, defasagem e tendências ao isolamento e ou lideranças negativas. Foi permeada em considerações relacionadas a autores como Cléo Fante, Goleman, e outros afins, alémde projetos que consideram a possibilidade da reversão do quadro do Bullying para outro, constituído nas relações sociais interativas, compartilhadas e de respeito mútuo.
Palavras-chave: Bullying, gestor, violência, escola, social


Retire o primeiro parágrafo e deixe no espaçamento simples.
SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO...................................................................................................... 7
2 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA ........................................................................... 11
2.1 CARACTERIZAÇÃO DA FAMÍLIA NA CONTEMPORANEIDADE..................... 22
2.2 A FAMILIA E SUA RELAÇÃO COM O BULLYING .......................................... 24
2.3 CARACTERIZAÇÃO DOBULLYING................................................................ 27
2.4 BULLYING NO AMBIENTE ESCOLAR............................................................. 29
2.5 BULLYING: CONSEQUÊNCIAS/COMPROMETIMENTO PEDAGÓGICO ...... 31
2.6 BULLYING E O TRABALHO DOCENTE.......................................................... 32
2.7 FUNÇÕES DO GESTOR, BULLYING E JULGAMENTO SOCIAL................... 36
3 METODOLOGIA...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Bullying na Escola
  • Bullying Nas Escolas
  • Bullying na Escola
  • Bullying na escola
  • Bullying na escola
  • Bullying na escola
  • Bullying na escola
  • bullying na escola

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!