Budismo

Páginas: 20 (4827 palavras) Publicado: 6 de maio de 2015
Islâmico
Surgimento:
O Islamismo não é uma religião nova, tem aproximadamente 1500 anos, e é tão antiga quando o cristianismo. Hoje cerca de 1.300.000.000 (um bilhão e trezentos milhões á um bilhão e quinhentos milhões) da população mundial são mulçumanos. (Um quinto da população do planeta). É a religião que mais cresce. Cerca de 70% dos intelectuais que se convertem a uma crença, escolham oislamismo.
Princípios:
1º- Acreditar num Deus único, Supremo e Eterno, Infinito e Poderoso, Clemente e Misericordioso, Criador e Sustentador. Para ser efetiva, esta crença exige completa confiança e esperança em Deus, submissão voluntária à vontade d'Ele e confiança na Sua ajuda. Isso confere dignidade ao homem e salva-o do medo e do desespero, do pecado e da confusão.  
2º- O muçulmano crê emtodos os Mensageiros de Deus sem nenhuma discriminação entre eles. Tais Mensageiros eram notáveis propagadores do bem e verdadeiros campeões da justiça. Eles foram escolhidos por Deus para ensinar e transmitir à humanidade a Sua Divina Mensagem.  
Eles foram mandados em várias épocas históricas, em certa altura, Deus mandou ao mesmo tempo dois mensageiros ou mais, o Sagrado Alcorão menciona cercade vinte nomes de tais Mensageiros, e o muçulmano crê neles todos e aceita-os como Mensageiros autorizados de Deus.
Estes eram conhecidos, com exceção de Muhammad, como mensageiros ''nacionais'' ou locais. Os Mensageiros encarregados de guiar a humanidade pelo bom caminho de Deus, sem nenhuma excepção, eram mortais, seres humanos, dotados para receber revelações divinas e escolhidos por Deus paralevarem a cabo certas tarefas.
Entre eles, Muhammad aparece como o último Mensageiro e glória suprema de todos os Profetas. Esta não é uma atitude arbitrária, nem meramente uma crença de conveniência, tal como todas as outras crenças islâmicas, é uma verdade autêntica e lógica.
3º- O muçulmano crê, em todas as escrituras e revelações de Deus. Estas foram as luzes recebidas pelos mensageiros paraguiarem os seus povos pelo bom caminho de Deus. O Alcorão faz referências especiais aos livros de Abraão, Moisés, Davi e Jesus. Mas muito antes de o Alcorão ter sido revelado a Muhammad, alguns daqueles livros e revelações foram perdidos ou viciados, outros esquecidos, negligenciados ou escondidos.  
Em princípio, o muçulmano crê nos livros e nas revelações anteriores ao Alcorão, mas onde seencontram as versões completas e originais destes livros? Talvez ainda estejam no fundo do Mar Morto, e outros pergaminhos esperem ser descobertos.  
Ou talvez novas informações sobre eles sejam fornecias pelos arqueólogos cristãos e judeus quando revelarem ao público as descobertas completas e originais resultantes das escavações permanentes efetuadas na Terra Santa, o muçulmano, por sua vez, tem aoseu alcance o Alcorão completo e autêntico.  
O Alcorão existe na sua forma inicial, tal como foi revelado por Deus que se encarregou de o proteger contra quaisquer interpelações e corrupção, assim foi dado aos muçulmanos, como critério ou norma, para que através dela possam julgar os outros Livros. Deste modo, tudo o que afinar com o Alcorão é aceite como verdade divina, e tudo o que fordiferente do mesmo é rejeitado ou suspenso.  
4º- O muçulmano crê nos anjos de Deus, estes são seres esplêndidos e puramente espirituais, cuja natureza não precisa de alimentos, bebidas ou sono, eles não têm nenhum desejo físico, nem necessidades materiais.  
Eles passam os dias e as noites ao serviço de Deus, eles são numerosos, e cada um tem a seu cargo certo dever, se nós não podemos ver, os anjosa olho nu, isso não nega necessariamente a existência e realidade deles.  
Há, no mundo, muitas coisas invisíveis à vista ou inacessíveis aos sentidos e, no entanto, acreditamos na existência delas, há lugares que nunca vimos e coisas, como o gás ou o éter, que não podemos ver a olho nu, nem cheirar ou tocar, provar ou ouvir; e no entanto reconhecemos a existência delas.  
5º- O muçulmano crê...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Budismo
  • budismo
  • o budismo
  • Budismo
  • Budismo
  • Budismo
  • Budismo
  • Budismo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!